Loading
Edição atual

Edição atual, clique para ampliar.

Clique na capa acima e veja
a nossa edição impressa

Lazer - Getaways

Da Redação                                          

Para os amantes da neve

Gatlinburg, no Tennessee, é a estação de esqui mais próxima da Flórida

É bem verdade que os moradores do Sul da Flórida não vêem nevasca perto de suas casas há cerca de 30 anos, desde que a região foi atingida por um rigoroso inverno naquele janeiro de 1977. Diga-se de passagem, aqui não vai qualquer crítica às temperaturas amenas do Sunshine State, mas muita gente gosta do clima frio e das atividades praticadas na neve. A dica é, portanto, uma estação de esqui que fica a menos de 700 milhas daqui, no estado do Tennessee: Gatlinburg, porém oferece ao turista muitas outras opções.

A cidade virou um famoso destino turístico, pois fica ao lado do Great Smoky Mountains National Park, que recebe mais de nove milhões de visitantes a cada ano. Gatlinburg é repleta de bons restaurantes e lojas de artesanato e possui o aquário com o maior túnel subterrâneo do país e diversas espécies marinhas. E como não poderia deixar de ser, lá também existe um museu em homenagem ao rei do Rock’n Roll, Elvis Presley, que nasceu no Tennessee.

Se você planeja viajar de carro, prepare-se para perder tempo em engarrafamentos e na busca de vagas para estacionar no centro. Gatlinburg, cortada pelo Rio Road, é uma pequena localidade que não costuma dar boa vida aos motoristas. No entanto, há um sistema de Trolley (bonde) que leva os turistas a qualquer ponto, por apenas 50 cents. Há também um teleférico e um bondinho aéreo (semelhante ao que existe no Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro), que oferecem uma bela vista da cidade.

Mas a melhor pedida ainda é a estação de esqui: O complexo montanhoso de Ober Gatlinburg tem oito trilhas, para todos os gostos e habilidades, desde principiantes até os mais experientes. Para quem não tem muita intimidade com o esporte, a sugestão é contratar um professor para uma rápida lição na neve: o custo é um pouco salgado (pode chegar a 30 dólares a hora), mas economiza muitos tombos. No centro da estação está uma imensa pista de patinação no gelo, que comporta mais de 250 pessoas ao mesmo tempo.

Em janeiro e fevereiro, a programação da cidade está intensa. Além dos eventos usuais do inverno, como a Winterfest – com iluminação natalina e show de música – e o festival de artes, Gatlinburg vai sediar a etapa estadual dos jogos olímpicos de inverno para deficientes, o Tennessee Winter Special Olympics. E, apenas como registro, não esqueça de levar muitos casacos: a temperatura nesta época do ano costuma girar em torno dos 2 graus negativos.

Acesse os sites a seguir e boa viagem

www.gatlinburg.com
www.attractions-gatlinburg.com
www.gatlinburg-tennessee.com;
www.skiobergatlinburg.com.

Dicas - Roteiro


COMO CHEGAR:

A viagem de carro até o Tennessee pode durar mais de 10 horas. O melhor é fazer um pit-stop em Atlanta (Geórgia) e, de lá, seguir pela I-85 norte, em direção a Cherokee (NC). O aeroporto mais próximo de Gatlinburg fica em Knoxville, a 30 milhas de distância – mas vale lembrar que o aluguel de carro por lá é bem mais caro do que na Flórida.


ONDE DORMIR:

Este item certamente não lhe causará qualquer problema em sua viagem. Gatlinburg oferece todos os tipos de acomodação, desde chalés nas montanhas até pequenas pousadas e hotéis de todas as grandes redes do ramo. O local também é conhecido como um interessante destino para quem está em lua-de-mel, com suítes temáticas.


iNFORMAÇÕES:

Acesse os sites a seguir e boa viagem
www.gatlinburg.com
www.attractions-gatlinburg.com
www.gatlinburg-tennessee.com
www.skiobergatlinburg.com
 

    Edições anteriores:   
 

 
ADVERTISING
©  Todos direitos reservados a AcheiUSA Newspaper. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
©  All rights reserved. This material can not be published, broadcasted or redistributed without authorization.  
Acheiusa is not responsible for the opinions expressed by its contributing writers, neither for the content of
the advertised material on it. Signed articles do not represent the opinion of the newspaper.