1,3 milhão de processos imigratórios estão à espera de testes biométricos

Autoridades de imigração forneceram uma atualização sobre a situação do serviço de coleta biométrica

0
1426
Devido à pandemia os serviços presenciais de coleta de dados foram cancelados (foto: wikimedia)
Devido à pandemia,os serviços presenciais de coleta de dados foram cancelados (foto: wikimedia)

Aproximadamente 1,3 milhão de imigrantes em processos de regularização de status estão aguardando serem chamados para comparecer a um Application Support Center (ASC) para fazer o teste biométrico.

Os serviços presenciais foram cancelados entre março e junho do ano passado por causa da pandemia de coronavírus e quando reabriram foram impostas restrições para mitigar a disseminação da covid-19.

Na última semana, pela primeira vez, as autoridades de imigração forneceram uma atualização sobre a situação dos serviços biométricos.

“Os tempos de processamento atuais estão afetados por várias variáveis, incluindo demanda e capacidade em ASCs individuais”, disse o U.S. Citizenhip and Immigration Services (USCIS), por meio de comunicado.

Uma das saídas encontradas pela agência para reduzir o acúmulo de testes a serem realizados é a reutilização de dados biométricos coletados anteriormente. Portanto, alguns imigrantes poderão pular a consulta biométrica.

Neste caso, será “enviado um aviso do Formulário I-797 ao requerente informando que sobre a reutilização da biometria e que ele não terá que comparecer a um ASC”, divulgou o USCIS, observando que nem todas as aplicações atendem aos requisitos de reutilização do exame digital.

O órgão esclareceu que apenas candidatos militares e seus familiares poderão comparecer a um ACS para coleta de dados sem a necessidade de marcação.  

O procedimento leva de 15 a 20 minutos e as informações são posteriormente enviadas para verificações criminais e de segurança.