A Catedral do Sangue Derramado na Rússia

0
2421
A colunista no átrio da Catedral
A colunista no átrio da Catedral

O curioso nome da mais linda catedral da Rússia, ao meu ver, deve-se ao fato de que foi construída no lugar onde o Czar Alexandre II foi assassinado, no dia 13 de março de 1881, em Saint Petersburgo.

Este fato foi um trauma para os Romanov, famíla que governava a Rússia com mão de ferro havia três séculos porque esta foi a primeira vez que alguém tocava num czar, que eram considerados deuses, não podiam ser contrariados, contestados e muito menos agredidos. Seu filho Alexandre III mandou construir esta belíssima catedral para honrar seu pai assassinado. E sabem porque ele foi assassinado? Porque Alexandre II decretou o fim da escravidão do povo russo, que eram servos da nobreza, os donos das terras e trabalhavam sem receber salário, a troco de moradia e alimentação. Os que foram contra este decreto do czar encomendaram sua morte e derramaram seu sangue.

A catedral é toda decorada com mosaicos feitos com pedras preciosas e semipreciosas. Um deslumbramento. As paredes são de tijolos aparentes vermelhos e castanhos, a arquitetura é no mais puro estilo russo, com suas cinco cúpulas cobertas de azulejos policromado, sendo que na mais alta foi encontrada intacta uma bomba atirada pelos alemães na II Guerra Mundial, durante o cerco de Saint Petersburgo. Não explodiu por puro milagre. Vejam as fotos que tirei lá.