Acusada de matar mãe e noivo disse estar “dominada por forças ocultas”

Mulher de 27 anos é acusada de matar a tiros a mãe e o companheiro em Palm Beach Gardens

0
1578
Polícia prendeu mulher em Palm Beach Gardens

Uma mulher de 27 anos acusada de matar a tiros a própria mãe e o noivo em Palm Beach Gardens (FL) disse à polícia que “estava dominada por forças ocultas”.

De acordo com informações da polícia, as autoridades foram até à casa de Andrew Sturm, médico do setor de emergência de um hospital, que não havia aparecido para trabalhar. Os policiais bateram na porta e não tiveram resposta.

Ao questionar os vizinhos, eles disseram que ouviram barulhos de tiros por volta das 3:30 da manhã. Os policiais decidiram, então, entrar na casa, quando encontraram os dois corpos no chão. Além de Andrew, a outra vítima foi identificada como Jacqueline Cupolo.

A acusada pelo crime, Alexandra Cupolo, estava ferida e disse aos policiais “para olharem dentro da geladeira”. “O oculto me obrigou a fazer isso, eu agi em legítima defesa”, teria dito aos policiais. Ela foi levada para o hospital e está sendo monitorada por agentes.

Ao cumpri um mandado de busca e apreensão na casa, a polícia encontrou um bilhete escrito pela acusada alegando legítima defesa, além de um testamento. Uma arma também foi localizada no local.

Alexandra foi acusada de duplo homicídio e por ter premeditado os crimes.