Adolescente da Guatemala morre sob custódia do Customs and Border Protection

Esse é o quinto menor de idade a morrer desde dezembro depois de ser apreendido na fronteira

0
1712
FOTO: Border Patrol (CBP)
FOTO: Border Patrol (CBP)

Um adolescente guatemalteco de 16 anos morreu sob custódia do Customs and Border Protection (CBP), na manhã desta segunda-feira (19). O jovem foi preso na fronteira em Hidalgo, no Texas, no dia 13 de maio e foi transferido para um centro de detenção. Ele foi encontrado desacordado esta manhã. A causa da morte ainda é desconhecida.

“Nós do U.S. Customs and Border Protetection sentimos muito em informar sobre essa trágica perda de um rapaz tão jovem. Nossas condolências a todos os familiares. O CBP reitera seu comprometimento com a saúde e bem-estar de todos os presos”, informou o órgão em comunicado.

Este é o quinto menor de idade a morrer sob responsabilidade do governo desde dezembro após ser apreendido por agentes na fronteira. Na semana passada, um menino de dois anos, também da Guatemala, morreu em um hospital de El Paso, Texas. Ele estava com pneumonia.

As outras vítimas foram Jakelin Caal Maquin, de sete anos, que morreu de infecção generalizada em dezembro; Felipe Alonzo morreu de gripe também em dezembro; Juan de León Gutierrez, de 16 anos, morreu de causas não informadas.

“O perigo dessa violenta jornada, bem como o potencial para um trágico incidente na travessia ou em instalações sobrecarregadas do CBP ou em redes de transporte, é claro e presente”, disse o CBP.

As autoridades imigratórias reforçaram as avaliações médicas das pessoas apreendidas desde dezembro, em especial, dos menores de 10 anos.

Somente em abril, 98 mil imigrantes ilegais foram apreendidos na fronteira dos EUA com o México.