Adolescente de 15 anos é acusado de decapitar colega de sala em MA

Juiz puniu jovem como adulto e ele está preso sem direito à fiança

0
8109
Adolescente foi acusado como adulto
Adolescente foi acusado como adulto

Um crime bárbaro chocou os moradores de Lawrence (MA) onde um adolescente de 15 anos decapitou um colega da escola e jogou partes do corpo no rio Merrimack.

Matthew Borges foi indiciado como um adulto pelo assassinato de Lee Manuel Viloria-Paulino, de 16. Colegas de escola expressaram choque com o crime, dizendo que os dois eram amigos próximos e costumavam sair juntos.

“Eles eram amigos”, disse um colega de classe. Outros destacaram que o assassino parecia ter uma vida familiar conturbada e era tímido.

Segundo as autoridades, Borges teria confessado a um outro colega que “esfaqueou e cortou a cabeça do amigo”, demonstrando com as mãos como cometeu o crime.  Ele é acusado de ter cortado a cabeça e os braços da vítima, deixando o tronco parcialmente submerso no rio. Matthew está preso sem direito à fiança.

A vítima foi vista pela última vez pela família no dia 18 de novembro e no dia seguinte foi reportado o seu desaparecimento. A família estava desesperada em busca do garoto quando na sexta-feira (2) uma pessoa viu o corpo no rio quando andava com o cachorro.

“Não tenho palavras”, disse na Corte a mãe do jovem assassinado, Katiuska Paulino.

O criminoso foi identificado por câmeras de segurança e por testemunhas.

“Por meio de câmeras de segurança, foi possível ver que Lee deixou sua casa com um amigo que mais tarde foi identificado como Matthew Borges que concordou em mostrar aos detetives onde eles estiveram para fumar maconha. Ele disse que deixou Lee por volta das 7 da noite e voltou para casa. Mas uma testemunha contou à polícia que Matthew disse que fez uma coisa horrível e narrou o crime para outro amigo”, informa a ocorrência policial.

Outra audiência sobre o caso está marcada para o dia 10 de janeiro.