Adolescentes usam metralhadora para trocar tiros com policiais na Flórida

Infratores de 12 e 14 anos fugiram de um orfanato, invadiram uma casa e entraram em confronto com os agentes

0
2415
Policiais foram chamados ao local, no condado de Volusia (foto: Reprodução/News6)

Dois adolescentes fugiram de um orfanato no condado de Volusia, na Flórida, invadiram uma casa e se envolveram em um tiroteio com policiais, nesta quarta-feira (2). 

Eles usaram as armas encontradas na residência que invadiram- incluindo uma metralhadora AK-47 e uma pistola automática-  para trocar tiros com a polícia por cerca de 30 minutos.

Nicole Jackson, de 14 anos, foi atingida na perna. O menino, Travis O’Brien, de 12, largou a arma pouco depois e não se feriu, afirmaram os agentes em comunicado.  Os policiais saíram ilesos.

De acordo com o Volusia County Sheriff’s Office, os dois infratores irão responder por tentativa de assassinato em primeiro grau e roubo à mão armada.

Eles fugiram do abrigo Florida United Methodist Children’s Home e quebraram o vidro da casa, em Enterprise. Pedestres afirmaram que ouviram o som dos estilhaços e então alertaram as autoridades.

A menina já havia sido detida no passado por atear fogo em terrenos baldios.

“Os policiais fizeram tudo que puderam nesta noite para evitar a escalada do confronto, e quase perderam suas vidas para um garoto de 12 anos e uma menina de 14”, disse o xerife do condado, Mike Chitwood.

A menina foi levada para o hospital e não corre risco de morrer.