Advogada-chefe do USCIS escolhida por Biden se opôs às políticas imigratórias de Trump

Juíza de imigração da Califórnia, Ashley Tabaddor, fez oposição a várias medidas estabelecidas pelo ex-presidente Donald Trump como separação de famílias na fronteira e asilo

0
1657
Ashley Tabaddor, foi presidente da National Association of Immigration Judges (NAIJ) (foto: NAJI)
Ashley Tabaddor presidiu a National Association of Immigration Judges (NAIJ) (foto: NAIJ)

Ashley Tabaddor, juíza que presidiu a National Association of Immigration Judges (NAIJ), foi convidada pelo presidente Joe Biden para ser a advogada-chefe do U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS), agência que cuida do processo de cidadania e regularização dos imigrantes nos EUA.

Durante seu tempo à frente da NAIJ, Tabaddor se opôs à várias medidas estabelecidas pelo ex-presidente Donald Trump no campo das políticas de imigração como, por exemplo, a que separa famílias na fronteira com o México e sobre a concessão de asilo.

Como advogada-chefe do USCIS, a ex-juíza de Los Angeles, na California, comandará uma equipe de mais de 100 advogados que integram o conselho jurídico da agência.

De um modo geral, o conselho emite orientações que embasam legalmente as decisões tomadas pelo órgão. O cargo está vago desde 2019, quando Craig Symons, nomeado pelo ex-presidente Donald Trump, deixou a função para ocupar outro cargo.

“Acho que a juíza Tabaddor é a pessoa ideal para liderar o USCIS”, disse Alex Gálvez, advogado de imigração, à Univision. “Ela já provou isso nos últimos quatro anos. Ela arriscou sua carreira exigindo que o governo Trump respeitasse a discrição dos juízes e criticou as medidas anti-imigrantes que afetaram, por exemplo, o asilo”, acrescentou Alex.

A informação sobre a nova advogada-chefe do USCIS foi informada pela primeira vez pela correspondente em Washington do jornal San Francisco Chronicle, Tal Kopan.

Pelo Twiiter, a jornalista disse que “Tabaddor, que foi presidente da National Association of Immigration Judges, enviou um e-mail a seus colegas anunciando que ela estava deixando a NAJI.  Estou trabalhando para assumir um cargo de liderança do DHS sob a nova administração Biden”, tuitou Kopan.