Aeroporto de Londres suspende operação após invasão de drones

Polícia acredita que incidente foi “ato deliberado”, mas garantiu que não há relação com terrorismo

0
766
Mais de 20.000 passageiros já foram afetados
Mais de 20.000 passageiros já foram afetados

O aeroporto de Londres, o segundo mais movimentado do Reino Unido, teve que suspender seu tráfego aéreo desde a noite da quarta-feira (19) em consequência da presença de drones sobrevoando a pista.

Até o início da tarde desta quinta-feira, 20, as pistas continuavam fechadas. Os aviões não puderam decolar e vários voos com pousos programados foram encaminhados a outros aeroportos, informou a administração de Gatwick.

Os planos de ao menos 20.000 passageiros já foram afetados, e milhares mais serão prejudicados até sexta-feira, 21.

A polícia de Sussex afirmou que o voo dos drones na região próxima ao aeroporto provavelmente foi um “ato deliberado”, mas garantiu que até o momento não há “indicações que sugerem que seja relacionado com terrorismo”.

Mais de 100.000 passageiros trafegam pelo Aeroporto de Gatwick todos os dias. O gerente-chefe de operações do local, Chris Woodroofe, disse que a polícia está procurando os operadores das aeronaves por controle remoto.

“Também temos o helicóptero no ar, mas a polícia disse que seria perigoso tentar abater os drones por causa do que pode acontecer com as balas perdidas”, disse ele à rádio BBC.