Alta de preços ao consumidor nos EUA desacelera

O Departamento do Trabalho informou que seu Índice de Preços ao Consumidor avançou 0,2% no mês passado

0
1076
Produtos de consumo mantêm preços
Produtos de consumo mantêm preços

A alta dos preços ao consumidor nos Estados Unidos desacelerou em maio, mas altas nos custos de moradia e saúde mantiveram a inflação sustentada, o que pode permitir ao Federal Reserve, banco central dos EUA, elevar a taxa de juros este ano.

A tendência de queda no desemprego no país continuou consistente com condições saudáveis do mercado de trabalho. Os dados saíram um dia depois de o Fed rebaixar sua avaliação para o mercado de trabalho e dar uma visão mista da economia.

O Departamento do Trabalho informou que seu Índice de Preços ao Consumidor avançou 0,2% no mês passado, contra alta de 0,4% em abril. Eliminado os voláteis componentes de alimentos e energia, o núcleo do índice subiu 0,2 por cento, após alta similar em abril.

Economistas consultados pela agencia de noticias Reuters esperavam avanço de 0,3% no mês passado, com o núcleo do índice subindo 0,2%.

O Fed tem uma meta de inflação de 2% e acompanha uma medida que atualmente está em 1,6%. O banco central dos EUA manteve na quarta-feira a taxa de juros e afirmou esperar que a inflação fique abaixo da meta durante 2017.

No núcleo da inflação, os custos com moradia e saúde mantiveram tendência de alta. Os aluguéis subiram 0,3%, assim como os custos com cuidados médicos 0,3%.