American, Delta e United suspendem voos para a China

Voadoras anunciaram cancelamentos por causa da epidemia de coronavírus que já matou 200 no país asiático

0
987
Funcionário do aeroporto de Wuhan, na China, monitora a temperatura de passageiros (Wikimedia)

As três maiores companhias aéreas americanas com voos internacionais anunciaram hoje a suspensão de voos ligando os Estados Unidos à China, cedendo a pressões dos sindicatos e às autoridades sanitárias, por conta da epidemia do coronavirus na China.

Até a sexta-feira (31), 10 mil pessoas já estariam infectadas com o vírus, a maioria na China. Duzentas pessoas morreram em decorrência do surto, todas na China.

O U.S. Department of State divulgou na quinta-feira (30) uma nota elevando o risco de viagens para a China para o nível 4, recomendando aos americanos que não voem para lá. A mudança segue uma declaração de emergência sanitária global, emitida pela Organização Mundial de Saúde, por causa da epidemia.

A Casa Branca divulgou que considera a possibilidade de proibir viagens entre EUA e China.

American Airlines – voos para a China cancelados imediatamente até 28 de março. A companhia vai contatar diretamente os passageiros afetados pelos cancelamentos.

Delta Airlines – voos para a China cancelados entre 6 de fevereiro e 30 de abril.

United Airlines – voos para a China cancelados entre 6 de fevereiro e 28 de março.