Analista financeiro acredita que parques da Disney só serão reabertos em janeiro de 2021

Em estudo publicado esta semana, analista acha difícil a Walt Disney World conseguir reabrir este ano com todas as regras de distanciamento social devido ao coronavírus; outra analista mais otimista acredita que os parques abrem em junho

0
3089
Walt Disney World - Foto: Travis Wise - Flickr

Um analista financeiro fez uma previsão um tanto quanto pessimista sobre a reabertura dos parques da Walt Disney World em Orlando e na Califórnia. Para John Hodulik, diretor de investimentos da empresa UBS, os parques só serão reabertos em janeiro de 2021. Os complexos de entretenimento da Disney estão fechados desde março devido à pandemia do coronavírus.

“Acreditamos que a rentabilidade dos parques será prejudicada por um longo período de tempo, dados os efeitos persistentes do surto de coronavírus. Por essa razão, acredito que a data de abertura dos parques será dia 1º de janeiro”, escreveu Hodulik.

“Dito isto, a recessão econômica e a necessidade de distanciamento social, novas precauções de saúde, a queda no número de turistas e a aversão das pessoas às multidões, vão impactar fortemente o funcionamento dos parques até que exista uma vacina amplamente disponível”, disse o analista autor do estudo “The Eye of the Storm” divulgado pelo jornal USA Today.

A Disney não respondeu à afirmação do estudioso e está prestes a publicar o faturamento dos parques no início do mês de maio.

Já a analista do J.P. Morgan, Alexia Quadrani, é mais otimista e acredita que os parques temáticos de Orlando serão reabertos no início de junho.

“Nós acreditamos que os parques reabrirão em junho, quando as regras de distanciamento social não estarão tão rigorosas. Além disso, os hotéis do complexo Disney já estão aceitando reservas a partir de 1 de junho”, comenta a analista.

Ela acrescenta que, devido à crise econômica desencadeada pelo vírus e às restrições em viagens, os parques não devem ficar cheios quando reabrirem. “As coisas ainda vão levar um tempo para voltarem ao normal”.