Animais de estimação permanecem presos na parte do prédio de Surfside que ficou de pé

Pelo menos dois gatinhos, Coco e Mia, já foram localizados; devido à instabilidade da estrutura eles não podem ser resgatados e bombeiros usam guindastes para levar comida e água

0
1841
O gatinho Coco ficou preso no apartamento 406 (foto: Reprodução NBC6)

Débora Maia

Quando os moradores do Champlain Towers South receberam ordem das autoridades para evacuar o local, na quinta-feira (22), eles tiveram que fazê-lo imediatamente devido à instabilidade da estrutura do prédio. Alguns deixaram para trás seus animais de estimação, que se esconderam assustados com os estrondos causados pelo desabamento.

Entre eles estão os gatos Coco e Mia, que há uma semana estão presos nos apartamentos que ainda estão de pé, mas sob alto risco de desmoronar.

Coco está na unidade 406, onde morava com seu dono de 89 anos e sua filha, que felizmente foram resgatados.

A equipe de bombeiros não pode entrar para retirar Coco e está usando um guindaste para deixar comida e água na varanda para o gatinho.

Mia está presa no 10º andar, mas ao contrário de Coco, a varanda da unidade em que ela está não é aberta, e sua dona teme que ela possa morrer de fome. “Meu apartamento estava tremendo todo e eu sabia que Mia estava escondida embaixo da cama”, disse Susana Alvarez ao canal NBC6.

Acreditando que outros animais de estimação possam estar na mesma situação, a ONG Friends of Miami Animals Foundation criou uma linha direta para que os moradores do Champlain Towers que tenham deixado seus pets para trás informem às autoridades.

O número é (833) 366-2642.