Apenas um dia após ser lançado na Netflix, documentário sobre Anitta gera polêmicas

Acusações de assédio moral e revelação de estupro provocaram reações

0
1274
Série documental “Anitta: Made In Honório” foi lançada nesta quarta-feira, 16 (Foto: Netflix)
Série documental “Anitta: Made In Honório” foi lançada nesta quarta-feira, 16 (Foto: Netflix)

DA REDAÇÃO – A série documental “Anitta: Made In Honório” que conta a história da vida da cantora brasileira lançada nesta quarta-feira (16) na Netflix já causou polêmicas.

Uma delas é a enxurrada de críticas geradas nas redes sociais sobre a forma como a cantora trata seu staff.

No quinto capítulo, intitulado “Bastidores”, Anitta surge irritada e descontente com as roupas definidas para a apresentação no Rock in Rio, em 2019, e decide ligar para a equipe. “Olha só, deixa eu explicar uma coisa para vocês de uma vez por todas. Eu tô cansada dessa palhaçada, toda vez é a mesma coisa. Ninguém deixa o André [Philipe, figurinista] trabalhar, aí depois eu me fodo”, começa ela.

A bronca continua em vários outros momentos. Nas redes sociais, um trecho foi compartilhado pelo blogueiro Daniel Bovolento, que não concordou com a postura da cantora. “Tô vendo uma galera dando palco pra Anitta nesse vídeo, mas como funcionário só posso, isso é um baita assédio moral. Isso desestabiliza e humilha quem tá trabalhando pra você e pode dar processo trabalhista”, opinou ele.

Outro ponto de polêmicas, é a revelação feita pela própria atriz de que ela teria sofrido estupro. O relato foi apresentado durante o primeiro episódio da série.

“Quando eu tinha 14 para 15 anos, conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo, falava de forma autoritária. Eu nunca expus isso em público. Ele estava muito nervoso, muito estressado. Eu estava com bastante medo das reações dele e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois. Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e perguntou se eu tinha certeza. Eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza de que eu falei que sim, porque eu tinha muito medo do estresse dele. Quando eu cheguei lá, eu percebi que não era certo fazer aquilo por medo e eu falei que não queria mais. Mas ele não ouviu. Ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que ele queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja e eu fiquei olhando pra cama cheia de sangue”, relatou Anitta, aos prantos. 

Em nota divulgada nas redes sociais, a assessoria de imprensa de Anitta afirma que ela não irá mais se pronunciar sobre o assunto. “A Bpmcom esclarece que Anitta não se pronunciará sobre o episódio que foi relatado por ela mesma ao final do primeiro episódio de sua série “Anitta: Made in Honório”, na Netflix. Tudo o que diz respeito a esse assunto já foi dito na série”, diz o texto.