Apreensão de imigrantes na fronteira chega a 98.9 mil pessoas em abril

No mesmo período em 2018, 51 mil pessoas foram detidas; governo descreve situação como ‘insustentável’

0
1697
Número de imigrantes detidos na fronteira é alarmante FOTO CBP
Número de imigrantes detidos na fronteira é alarmante FOTO CBP

Dados do U.S. Customs and Border Protection (CBP) do mês de abril de 2019 mostram que 98.977 imigrantes indocumentados foram apreendidos na fronteira dos Estados Unidos com o México. Em março, 92.831 pessoas foram presas e em fevereiro 66.883. Em abril do ano passado, 51.168 imigrantes foram detidos. No ano fiscal de 2018 – de outubro de 2017 a setembro de 2018 – 396.579 pessoas foram apreendidas.

Em abril, 10.167 pessoas se apresentaram aos postos de entradas e foram impedidas de entrar e requerer asilo. A maior parte dos apreendidos são de El Salvador, Guatamala e Honduras.

Os números de abril levaram autoridades responsáveis pela proteção da fronteira a alertar para a possível saturação das instalações destinadas a receber imigrantes irregulares no país. “O sistema está muito acima da capacidade e se mantém num ponto de ruptura”, afirmou o comissário da agência, Kevin McAleenan.

Segundo ele, a CBP apreendeu e processou mais famílias nos primeiros sete meses do ano fiscal de 2019 do que durante todo o ano fiscal de 2018. “A situação não é segura para os imigrantes”, disse. “Desafia nossa capacidade de fornecer ajuda humanitária. Contribui para as perigosas condições em nossa fronteira e permite o tráfico enquanto enriquece criminosos.”

McAleenan qualificou ainda a atual situação de inaceitável. “É uma crise urgente e crescente.”

Ao buscar ingressar nos Estados Unidos, as famílias da América Central e do México dizem que tentam fugir da pobreza e da violência em seus países de origem, atraídas pela sólida economia americana, que se aproxima do seu ciclo de expansão mais longo da história. O desemprego também se encontra em patamares muito baixos –em janeiro, a taxa foi de 4%.

Pelas regras americanas, quando os imigrantes são apreendidos, costumam ser processados e liberados dentro do país, mediante promessa de que vão comparecer à audiência no tribunal de imigração que julga seu pedido de entrada nos EUA —em geral, de asilo. A maioria não faz isso.

O grande fluxo de imigrantes recebido pelo país provoca um caos no sistema jurídico do país: estima-se que haja 800 mil casos pendentes de julgamento, o que faz com que muitos desses migrantes fiquem anos nos EUA até que seus processos tramitem.

Trump quer mudar processo de pedido de asilo

Em pronunciamento recente, o presidente Trump disse que os solicitantes de asilo político que chegam todos os dias à fronteira serão processados de acordo com a legitimidade dos pedidos. “Se você tem um pedido justo de asilo você será admitido, mas se você não tem, você vai retornar para casa prontamente”. (Com informações do CBP e da Folha de S. Paulo)

Tabela mostra que 460 mil pessoas já foram apreendidas na fronteira no ano fiscal de 2019, que acaba em setembro
Tabela mostra que 460 mil pessoas já foram apreendidas na fronteira no ano fiscal de 2019, que acaba em setembro