Assassinato de hipopótamo choca moradores de El Salvador

Polícia ainda tenta identificar os autores e qual teria sido a motivação do ataque ao único hipopótamo de El Salvador

0
1557
Gustavito foi brutalmente assassinado em El Salvador
Gustavito foi brutalmente assassinado em El Salvador

Um dos animais mais famosos e queridos de El Salvador foi brutalmente assassinado dentro do zoológico nacional na semana passada.

O hipopótamo Gustavito, de 15 anos, foi espancado e atingido com armas pontiagudas dentro de sua jaula, em um ataque descrito por autoridades locais como “covarde e desumano”.

A polícia ainda tenta identificar os autores e qual teria sido a motivação do ataque ao único hipopótamo de El Salvador, que não resistiu aos ferimentos e morreu no último domingo.

Segundo o repórter da BBC na América Central Will Grant, apesar de o país que não se chocar mais com assassinatos há muito tempo, a crueldade extrema que atingiu Gustavito despertou uma onda de ira e tristeza entre os salvadorenhos.

Na noite seguinte ao ataque, que aconteceu na madrugada de terça para quarta-feira, funcionários do zoológico perceberam que o animal se recusava a se alimentar e a sair da piscina de sua jaula.

O comportamento estranho foi o ponto de partida para que se identificassem cortes e hematomas no rosto e no pescoço de Gustavito, que também apresentava sinais claros de estresse e agonia.

De acordo com equipe de veterinários, o hipopótamo apresentava “cólica e dor abdominal”. A quantidade de ferimentos na cabeça do animal sugere que ele estivesse tentando se defender das facadas.

A secretaria anunciou uma investigação para identificar os assassinos. O zoológico nacional de El Salvador está fechado desde sexta-feira como medida de segurança.