Atirador abre fogo, mata três e fere 11 em festival gastronômico na Califórnia

Homem foi morto pela polícia, que agiu rápido; menino de seis anos está entre os mortos

0
2640
Moradores correram desesperados ao ouvir os tiros (Foto: Reprodução/Twitter)s ao ouvir os tiros (Foto Reprodução - Twitter)
Moradores correram desesperados ao ouvir os tiros (Foto: Reprodução/Twitter)

Famílias, crianças, jovens, homens e mulheres se divertiam em um domingo de verão no Gilroy Garlic Festival em Gilroy, na Califórnia, quando um atirador abriu fogo, matando três pessoas e ferindo outras 11. Um menino de seis anos está entre as vítimas fatais.

A cidade fica a 30 milhas de San Jose. O chefe da polícia local, Scot Smithee, disse que dezenas de policiais estavam fazendo a segurança do local e demoraram menos de um minuto para agir, caso contrário, a tragédia teria sido ainda maior. O atirador foi morto pela polícia.

“Nós tínhamos muitos policiais no parque durante o festival e eles responderam muito rapidamente ao tiroteio”, disse Scot.

O homem armado entrou no parque Christmas Hill cortando uma cerca ao redor da propriedade. Testemunhas afirmaram à polícia que pode haver um segundo suspeito envolvido no ataque. Por isso, os policiais iniciaram buscas na região.

Um vídeo nas redes sociais mostra os participantes do festival correndo desesperados. Evenny Reyes, de 13 anos, disse ao San Jose Mercury News que o cenário era de correria e desespero.

“Nós estávamos saindo e vimos um cara com uma bandana enrolada em sua perna porque ele levou um tiro”, disse Reyes ao jornal. “Havia um garotinho ferido no chão. As pessoas estavam jogando mesas e cortando cercas para sair.”

Outra testemunha, Máximo Rocha, voluntário da equipe de futebol juvenil, disse ter visto muitas pessoas no chão, mas não sabia ao certo quantas pessoas foram baleadas e quantas tentavam se proteger.

A avó de Stephen Romero, o menino de seis anos atingido no ataque, disse que ele participava do festival com a mãe e a outra avó. Maribel Romero contou que ele morreu ao dar entrada no hospital.

No Twitter, o presidente dos EUA, Donald Trump, lamentou o ataque. “Fiquem seguros”, escreveu.

Fundado em 1979, o Festival do Alho tem competições de comida, além de bebida, entretenimento ao vivo e culinária. Organizadores o descrevem como o maior festival de comida de verão do mundo. (Com informações da CNN e G1)