Atrás dos brasileiros, ucranianos já são a segunda maior população estrangeira em Portugal

Mais de 18 mil refugiados chegaram a Portugal desde o início da guerra com a Rússia

0
399
Parlamentares pedem proteção imigratória a ucranianos (Foto Canva)

Portugal já recebeu mais de 18 mil refugiados da Ucrânia desde o início da guerra com a Rússia, há dois meses. Com isso, sobe para 45 mil o número de ucranianos vivendo em Portugal.

A população de ucranianos fica atrás da brasileira, que representa a maior comunidade de imigrantes em Portugal, com mais de 210 mil pessoas.

O ministro das Relações Exteriores de Portugal, Augusto Santos Silva, garantiu que as portas do país estão abertas para os ucranianos que fogem da guerra. Ele também afirmou que há mais de 10 mil empregos disponíveis em diferentes setores para refugiados da guerra.

Na lista das principais nacionalidades residentes no país constam, além do Brasil e da Ucrânia, Reino Unido, Cabo Verde, Romênia, Itália e China.