Flórida alerta para aumento de jacarés em áreas urbanas devido temporada de cópula

Período de acasalamento acontece entre abril e julho, quando as altas temperaturas despertam o metabolismo dos répteis que se tornam mais enérgicos para viajar em busca de comida e companheiros

0
1630
Jacaré carrega rival na boca após disputa por fêmea em campo de golf na Flórida (foto: Reprodução)

Na tarde desta quarta-feira (27), as autoridades de Oviedo, na Flórida, foram chamadas para remover um jacaré de quase três metros de comprimento que interrompeu o trânsito ao cruzar uma importante rodovia. No condado de Flager, outro animal foi filmado em frente a porta de entrada de uma casa. Já em Daytona Beach, uma partida de golf teve que ser paralisada para um enorme réptil atravessar o campo. 

As aparições de jacarés nas áreas urbanas do estado, que já não eram raras, vão se tornar mais frequentes, de acordo com o Florida Fish and Wildlife Conservation Comission (FWCC). A razão é a temporada de acasalamento dos répteis que acabou de começar.

O período de cópula acontece entre os meses de abril e julho, quando as altas temperaturas despertam o metabolismo e os bichos se tornam mais enérgicos para viajar em busca de comida e companheiros. Especialistas do FWCC alertam que os jacarés não costumam mostrar agressividade em relação aos humanos, de modo especial quando estão fora da água. Já entre eles, a história é outra, e é possível que sejam presenciadas brigas entre machos disputando uma fêmea. O conselho é ficar fora do caminho e acionar as autoridades ambientais.

Ao final da temporada, a fêmeas põem uma média de 32 a 46 ovos que eclodem no final do verão. Quase metade dos ninhos acaba sendo destruída por predadores, principalmente racoons.  Mas  a maioria sobrevive e a população de crocodilos na Flórida aumenta a cada ano. Em 2021 o número desse indivíduos ultrapassou 1,3 milhão em todo os 67 condados do estado.  

Crocodilo ou Jacaré?

A Flórida, especialmente o sul do estado, é o único lugar onde o crocodilo-americano (Crocodylus acutus) e o jacaré-americano (Alligator mississippiensis) convivem juntos na natureza. Apesar de serem muito parecidos, esses répteis pertencem a famílias diferentes. Segundo o FWCC, os crocodilos, da família Crocodilidae, são encontrados em áreas de água salobra e salgada, como no Everglades, além de canais, enseadas e manguezais. Recentemente, eles se moveram para o interior e até podem ser encontrados em áreas de água doce do sudeste da Flórida. Na década de 1970, o animal chegou a ser classificado como ameaçada de extinção, mas um trabalho de recuperação da espécie  garantiu o subsistência do crocodilo americano, que se multiplica no estado.

Já os conhecidos jacarés, da família Alligatoridade, são mais urbanos e vivem em pântanos, lagos e lagoas de retenção. Se ficar alguma dúvida, outra diferença entre eles pode ser percebida está em sua anatomia. Os jacarés têm um focinho em forma de U, mais largo e arredondado, enquanto os crocodilos possuem um focinho em forma de V, mais pontudo.

Desde 1948 até 2021, 433 pessoas foram atacadas por esses répteis e sofreram ferimentos que variaram de leves a graves. Vinte e seis pessoas morreram.