Autoridades alertam para perigos da pesca de lagosta depois da morte de homem de 60 anos

Temporada para pesca de lagosta acabou de começar; pescador morreu ao mergulhar próximo a Pompano Beach

0
3158
Mergulhador morreu ao tentar pescar lagosta em Pompano Beach (Foto: Reprodução/Local10News)
Mergulhador morreu ao tentar pescar lagosta em Pompano Beach (Foto: Reprodução/Local10News)

Um homem de 60 anos morreu na quarta-feira (25) enquanto mergulhava na área de Pompano Beach, próximo ao Hillsboro Inlet, na Flórida, e reacendeu o alerta sobre os perigos da pesca de lagosta. O pescador sumiu no mar e a Guarda Costeira encontrou seu corpo horas mais tarde.

A minitemporada anual para pesca do crustáceo dura apenas dois dias. Todos os anos, pelo menos dois pescadores morrem.  Nesta época, mergulhadores recreativos vão para o mar para tentar capturar lagostas. A temporada oficial de pesca começa no dia 6 de agosto e vai até março.

“Todos os anos, os pescadores amadores ficam animados para pescar o nobre crustáceo, mas muitos não seguem as normas de segurança e acabam morrendo”, comentou Veda Coleman-Wright, porta-voz da polícia de Broward. “É importante ser treinado, saber o que está fazendo”.

Nos últimos dez anos, 20 morreram nesta empreitada. Segundo a Divers Alert Network, a grande parte das vítimas é maior de 48 anos e com pouca prática em mergulho. “Nós sempre alertamos as pessoas: nenhuma lagosta vale a sua vida, eles vendem o crustáceo no Publix”, disse um capitão ligado ao grupo.

Uma dica importante, além de ser treinado e ter a licença para esse tipo de pesca, é sempre mergulhar com alguém ao lado, checar equipamentos de segurança, as condições do clima e do oceano.