Banco do Brasil anuncia fechamento de 361 unidades e 5 mil demissões

O anúncio nos cortes veio após o banco registrar lucro líquido de R$ 3,08 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, mesmo afetado pela pandemia

0
405
Redução no número de agências e de funcionários será feita no primeiro semestre de 2021 (foto: Wikimedia)
Redução no número de agências e de funcionários será feita no primeiro semestre de 2021 (foto: Wikimedia)

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta segunda-feira (11) que vai fechar 361 unidades -112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento – ainda no primeiro semestre deste ano. 

O BB também comunicou a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária (PDV) com a previsão de adesão de cerca de cinco mil funcionários. 

Os funcionários que aderirem terão até o início de fevereiro para oficializarem sua escolha. O anúncio nos cortes veio após o banco registrar lucro líquido de R$ 3,08 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, mesmo afetado pela pandemia. 

O resultado foi 27,5% menor que no mesmo período de 2019, quando o banco registrou lucro líquido contábil de R$ 4,2 bilhões.

No relatório anual mais recente, publicado em 2019, o BB indicava ter 93.167 empregados, em 4.356 agências espalhadas por 99,2% dos municípios brasileiros e em 16 países. 

À época, o banco possuía R$ 1,47 trilhão em ativos, e patrimônio líquido de R$ 108,6 bilhões. Naquele ano, o banco lucrou R$ 18.1 bilhões, resultado 41,2% maior que em 2018.