Batida do ICE prende 82 imigrantes que serão deportados de imediato, entre eles brasileiros

Prisões ocorreram em New Jersey e todos os detidos tinham antecedentes criminais

0
21596
Operação do ICE prendeu imigrantes com antecedentes criminais
Operação do ICE prendeu imigrantes com antecedentes criminais

O departamento de remoções do U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE) em Newark (NJ) realizou uma operação para buscar, prender e deportar imigrantes em situação irregular no país e que tenham folha criminal. A operação aconteceu entre os dias 5 e 9 de dezembro e terminou com a prisão de 82 pessoas, entre elas brasileiros.

O braço policial da imigração contou com a colaboração de outras agências da lei, como o U.S. Marshals e o FBI.

Todos os indivíduos detidos na operação se enquadram no perfil prioritário estabelecido para a remoção de imigrantes irregulares do país, estabelecido por um memorando do secretário de Homeland Security, emitido em 2014.

“O resultado da operação atesta o compromisso do ICE com a segurança pública”, disse John Tsourakis, diretor do ERO (Enforcement and Removal Operations), braço do ICE encarregado da batida. “Concentramo-nos na prisão de indivíduos que são prioridade em violações. Graças ao incansável trabalho das equipes do ERO e dos nossos parceiros da lei, temos menos 82 criminosos nas ruas”, concluiu.

“Estamos orgulhosos de ter trabalhado ao lado do ICE, do U.S. Marshals, do FBI e outras agências da lei, na busca e apreensão desses criminosos, que são uma ameaça aos Estados Unidos”, disse o chefe de operações do Customer and Border Patrol de New York, Robert Perez.

Os indíviduos foram presos em diversas áreas de New Jersey, e são provenientes de Brasil, Colômbia, China, Cuba, República Dominicana, Equador, Egito, El Salvador, Inglaterra, Gana, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Jamaica, Quênia, México, Peru, Filipinas e Ucrânia, informou um boletim do ICE.

Eles têm entre 18 e 66 anos de idade e já tinham sido condenados por diferentes crimes. Algumas condenações foram por tentativa de assassinato, roubo, pedofilia, abuso infantil, assalto com violência, tráfico de drogas, latrocínio, DUI, porte de arma e violência doméstica.

Durante o ano fiscal de 2015 o ICE realizou 253.413 remoções e todo o país. Desses, 91% tinham antecedentes criminais.

A agência não dilvulgou o nome dos indíviduos detidos na operação.