Biden pede que distribuidoras reduzam o preço dos combustíveis já que valor do barril está mais baixo

“As fornecedoras de combustíveis não podem aumentar os lucros às custas do trabalho duro dos americanos”, postou Biden no Twitter

0
934
Motoristas poderão ver uma queda adicional de mais 25 centavos (Foto: Reprodução )

O presidente Joe Biden usou o Twitter nesta quarta-feira (16) para chamar a atenção das distribuidoras de combustíveis. O presidente citou a queda no valor do barril de petróleo para citar que os preços nas bombas também devem cair na mesma proporção.

“O preço do óleo está caindo e o valor dos combustíveis têm que cair também. Na última vez que o valor do barril de petróleo estava $96, a gasolina estava $3.62 o galão. Agora, está $4.31. Os fornecedores de combustíveis não podem aumentar os lucros às custas do trabalho duro dos americanos”, postou Biden.

Fontes ligadas à Casa Branca disseram que a alta dos combustíveis – que chegam a custar $5 o galão em algumas partes do País – tem gerado frustração ao presidente e sua equipe.

Os combustíveis tiveram um aumento recorde na semana passada, com valores não vistos desde 2008.

Os preços estão caindo lentamente. De acordo com o American Automobile Association (AAA), o valor médio do galão chegou a $4.31 nesta quarta, um centavo a menos que no dia anterior e dois centavos a menos que na segunda-feira (14).