‘Bingo – O Rei das manhãs’ disputa vaga no Oscar com outros 91 filmes estrangeiros

Filme que retrata a história do palhaço Bozo, ícone dos anos 80, é o representante brasileiro na disputa

0
1351
Filme Bingo é o representante do Brasil
Filme Bingo é o representante do Brasil

DA REDAÇÃO (com Agência Estado) – A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela premiação do Oscar, divulgou no último dia 5, a lista oficial de produções selecionadas para concorrer a vagas na categoria de melhor filme em língua estrangeira no ano que vem.

Ao todo, 92 países inscreveram filmes para a competição. Pela primeira vez na história, Haiti, Honduras, Laos, Moçambique, Senegal e Síria possuem candidatos.

Pelo Brasil, o concorrente oficial será Bingo – O Rei das Manhãs, de Daniel Rezende, que conta a história do palhaço Bozo, já fez suas estreias nos cinemas do País. A América do Sul ainda tem outros concorrentes de peso. O venezuelano El Inca, de Ignacio Castillo Cottin, uma cinebiografia do boxeador Edwin Valero, chegou a ter sua exibição proibida pelo judiciário local, sob a alegação de que atentaria contra a honra e a vida pessoal do lutador. Já o chileno Uma Mulher Fantástica, de Sebastián Lelio, foi o vencedor do prêmio Teddy, voltado para produções LGBT, no Festival de Berlim deste ano – também já estreou no Brasil.

Pelo Camboja, o indicado é o filme de Angelina Jolie para a Netflix, First They Killed My Father, que já está disponível no serviço de streaming.

Filmes que se destacaram no Festival de Cannes também foram pré-selecionados. O vencedor The Square, de Ruben Östlund, vai tentar vaga no Oscar pela Suécia. Happy End, de Michael Hanek (pela Áustria), 120 Batimentos por Minuto, de Robin Campillo (pela França), e Loveless, de Andrey Zvyagintsev (pela Rússia), também estão na disputa.

Dos 92 filmes pré-selecionados, a Academia vai anunciar em dezembro uma lista menor dos que poderão, de fato, estar entre os longas indicados à edição de 2018 do Oscar, que serão conhecidos apenas em janeiro.

A cerimônia do Oscar no ano que vem será realizada em 4 de março – uma semana mais tarde que em 2017, por conta da realização os próximos Jogos Olímpicos de Inverno. O comediante Jimmy Kimmel novamente deve apresentar a premiação.