Brasil bate recorde de pontuação nas Eliminatórias Sul-Americanas

Com vitória sobre a Bolívia, Seleção Brasileira supera marca da Argentina e conquista melhor campanha desde que o torneio assumiu este formato

0
431
Bolívia x Brasil em La Paz pela última rodada das Eliminatórias da Copa de 2022. Richarlison, Telles, Marquinhos, Paquetá comemoram um dos gols (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Bolívia x Brasil em La Paz pela última rodada das Eliminatórias da Copa de 2022. Richarlison, Telles, Marquinhos, Paquetá comemoram um dos gols (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Uma trajetória incrível, do começo ao fim. Na terça-feira (29), o Brasil alcançou a melhor campanha da história das Eliminatórias Sul-Americanas. Com a vitória por 4 a 0 sobre a Bolívia, a Seleção Brasileira chegou a 45 pontos em 17 jogos e fez a maior pontuação desde que a competição assumiu esse formato.

A campanha começou e terminou com triunfos elásticos sobre os bolivianos. Em São Paulo, o Brasil deu o pontapé inicial rumo ao Catar com um 5 a 0. Até aqui, foram 17 jogos, 14 vitórias e três empates, com 40 gols marcados e apenas cinco sofridos. Um retrospecto irretocável.

Com a pontuação, a Seleção Brasileira superou a Argentina, que havia estabelecido o recorde nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002. Na ocasião, os Albicelestes somaram 43 pontos, com 13 vitórias, quatro empates e uma derrota. O Brasil tem um jogo a menos por causa da suspensão da partida contra a Argentina, em São Paulo.

Confira os 17 jogos da campanha histórica da Seleção Brasileira até aqui:

  • Brasil 5 x 0 Bolívia
  • Peru 2 x 4 Brasil
  • Brasil 1 x 0 Venezuela
  • Uruguai 0 x 2 Brasil
  • Brasil 2 x 0 Equador
  • Colômbia 0 x 0 Brasil
  • Paraguai 0 x 2 Brasil
  • Chile 0 x 1 Brasil
  • Brasil 2 x 0 Peru
  • Venezuela 1 x 3 Brasil
  • Brasil 4 x 1 Uruguai
  • Brasil 1 x 0 Colômbia
  • Argentina 0 x 0 Brasil
  • Equador 1 x 1 Brasil
  • Brasil 4 x 0 Paraguai
  • Brasil 4 x 0 Chile
  • Bolívia 0 x 4 Brasil

Fifa divulga ranking com Brasil em primeiro e confirma potes para sorteio da Copa do Mundo; veja

O Brasil de Richarlison voltou ao topo do ranking mundial de seleções (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
O Brasil de Richarlison voltou ao topo do ranking mundial de seleções (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Seleção volta a liderar lista depois de quase cinco anos e vai para o Mundial no topo. Holanda e Alemanha estão confirmadas no pote 2 e podem ser adversárias do time de Tite

A Fifa divulgou na quinta-feira (31) o seu ranking atualizado e confirmou os potes para o sorteio dos grupos da Copa do Mundo. Pela primeira vez desde agosto de 2017, o Brasil está no topo. A Seleção ultrapassou a Bélgica e deve ir para o Mundial do Catar na liderança da lista.

A Itália é a única seleção do Top-10 que não estará na Copa. No Top-20, Suécia e Colômbia são as ausências, e o País de Gales ainda aguarda a repescagem para tentar confirmar sua vaga. Confira as 10 primeiras seleções do ranking:

  1. Brasil – 1832,69 pontos
  2. Bélgica – 1827
  3. França – 1789,85
  4. Argentina – 1795,13
  5. Inglaterra – 1761,71
  6. Itália* – 1723,31
  7. Espanha – 1709,19
  8. Portugal – 1674,78
  9. México – 1658,82
  10. Holanda – 1658,66

*Não está na Copa do Mundo

Confira todas as seleções classificadas para a Copa do Mundo 2022

Taça da Copa do Mundo, objeto de desejo das seleções (Foto: Twitter / FIFA)
Taça da Copa do Mundo, objeto de desejo das seleções (Foto: Twitter / FIFA)

Esta semana marcou a definição de algumas das últimas vagas para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, que vai acontecer entre novembro e dezembro. Ao todo, 32 seleções vão disputar o torneio da FIFA.

Na Europa, resta uma única vaga em aberto. Devido à invasão russa na Ucrânia, a seleção ucraniana teve seu jogo contra a Escócia, pela repescagem das eliminatórias da UEFA, adiado. País de Gales, que venceu a Áustria na primeira partida da repescagem, aguarda o vencedor desse confronto.

Já Portugal, que venceu a Macedônia por 2 a 0, e a Polônia, que venceu a Suécia pelo mesmo placar, garantiram as outras duas vagas da UEFA na Copa do Mundo.

Na África, Gana eliminou a Nigéria e foi a primeira seleção do continente a se classificar para o Mundial. Na outra partida, Senegal venceu o Egito por 1 a 0 nesta terça (29) e reverteu a derrota do primeiro jogo, levando a partida para os pênaltis, onde repetiu o resultado da final da Copa Africana das Nações e se classificou. Camarões, Marrocos e Tunísia também carimbaram a vaga. 

Já nas Eliminatórias da América do Sul, três seleções brigaram na noite da terça (29) por uma vaga na repescagem. Somente os peruanos garantiram uma vaga na repescagem, enquanto Chile e Colômbia estão oficialmente fora da Copa.  Na repescagem, o Peru pega o vencedor de Emirados Árabes Unidos e Austrália.

Na quarta-feira (30), vai ser a vez da CONCACAF definir seus representantes no Mundial. Com o Canadá já classificado, Estados Unidos, México e Costa Rica brigam pelas duas últimas vagas diretas e uma delas vai disputar a repescagem contra o representante da Oceania.  Confira os jogos:

Também na quarta-feira (30), Ilhas Salomão e Nova Zelândia se enfrentam para definir o representante da Oceania que vai enfrentar o representante da CONCACAF na repescagem.  

Confira as seleções classificadas:

  • Alemanha
  • Arábia Saudita
  • Argentina
  • Bélgica
  • Brasil
  • Camarões
  • Canadá
  • Catar (país-sede)
  • Coreia do Sul
  • Croácia
  • Dinamarca
  • Espanha
  • Estados Unidos
  • Equador
  • França
  • Gana
  • Holanda
  • Inglaterra
  • Irã
  • Japão
  • Marrocos
  • México
  • Polônia
  • Portugal
  • Senegal
  • Sérvia
  • Suíça
  • Tunísia
  • Uruguai

Favoritos, Palmeiras e Flamengo se dão mal nos primeiros jogos das finais

Artilheiro argentino Cano garante a vantagem do Fluminense sobre o Flamengo nas finais (Foto: Fluminense)
Artilheiro argentino Cano garante a vantagem do Fluminense sobre o Flamengo nas finais (Foto: Fluminense)

O São Paulo se aproximou do bicampeonato do Paulistão Sicredi ao derrotar o Palmeiras por 3 a 1, no Morumbi, na noite de quarta-feira (30). Destaque para o atacante Calleri, autor de dois gols.

Com o resultado, o São Paulo vai para o Allianz Parque, no próximo domingo (3), podendo perder por um gol de diferença para ser campeão. O Palmeiras terá que fazer três para levar no tempo normal. Dois de vantagem para o lado palmeirense levará o duelo para os pênaltis.

No Fla-Flu 437, válido pelo jogo de ida da final do Campeonato Carioca, o Fluminense levou a melhor sobre o Flamengo, nesta quarta-feira (30/03), no Maracanã. Com gols de Germán Cano, o Time de Guerreiros venceu o rival pelo placar de 2 a 0.

A equipe comandada por Abel Braga volta a campo no sábado (02/04), quando enfrenta o Rubro-Negro, no mesmo palco, pelo segundo e decisivo clássico da finalíssima da competição.