Brasil fica de fora da disputa pelo Oscar 2019

Mexicano é favorito para ganhar a estatueta

0
2360
Roma aparece como favorito ao Oscar de melhor filme estrangeiro
Roma aparece como favorito ao Oscar de melhor filme estrangeiro

DA REDAÇÃO – O Brasil está fora do Oscar 2019. Nesta segunda-feira (17), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou a lista das nove produções pré-indicadas para a próxima fase da seleção na categoria melhor filme estrangeiro. O Grande Circo Místico, longa de Cacá Diegues, não foi incluído.

Continuam na disputa Pássaros de verão (Colômbia), Culpa (Dinamarca), Nunca deixe de lembrar (Alemanha), Assunto de família (Japão), Ayka (Cazaquistão), Cafarnaum (Líbano), Roma (México), Guerra fria (Polônia) e Em chamas (Coreia do Sul). Oitenta e sete produções estrangeiras brigaram pela chance de concorrer ao Oscar.

Em 22 de janeiro, serão anunciados os concorrentes a todas as categorias do prêmio. A festa do Oscar está marcada para 24 de fevereiro, em Los Angeles.

‘Roma’ entre os favoritos

O mexicano “Roma” aparece como favorito ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Produção original da Netflix dirigida por Alfonso Cuarón, o longa mexicano está entre os nove selecionados. A lista será reduzida a cinco concorrentes em 22 de janeiro, quando serão conhecidos também os indicados nas demais categorias.

A ambição da Netflix é ver Roma disputando não apenas o Oscar de filme estrangeiro, mas também competindo nas chamadas categorias principais – melhor filme, direção, roteiro e fotografia (funções que Cuarón acumulou). As três indicações do longa ao Globo de Ouro (melhor filme em longa estrangeiro, melhor roteiro e melhor diretor) só fizeram corroborar as expectativas.

Cuarón não é um novato no Oscar. Seu longa anterior, o blockbuster americano Gravidade (2013),  estrelado por Sandra Bullock e George Clooney, venceu em sete categorias, incluindo as de melhor filme e diretor.

Em cartaz, ou melhor, disponível no catálogo da Netflix desde sexta-feira passada, Roma foge de algumas características comuns aos preferidos pela Academia e pelo grande público, além do fato de não ser exibido em um circuito comercial tradicional.