Brasileira é presa acusada de sequestrar os próprios filhos e comunidade paga sua fiança

0
881

Bruna Gomes jogou spray de pimenta no homem que estava cuidando de seus filhos na casa do pai e foi detida em Massachusetts

Ana Paula Franco

DIVULGAÇÃO
Brasileira Bruna Gomes

Brasileira Bruna Gomes

A brasileira Bruna Gomes, de 33 anos, viveu, na última semana, um roteiro digno de filme de Hollywood para ficar com seus filhos, um menino de oito anos e uma menina de sete. Ela usou spray de pimenta contra um amigo do pai que estava com as crianças e foi presa por sequestro na quinta-feira (6). A comunidade e os amigos se uniram e pagaram a fiança de Bruna que foi liberada.

Os dois filhos de Bruna e Bruno Coelho, que moram em Massachusetts, nasceram nos EUA, mas estavam morando no Brasil com os avós paternos – por comum acordo entre os pais – há quatro anos. Em julho, Bruna que segundo a amiga Andreia da Silva, abriu a própria empresa e estava com melhores condições financeiras, pagou a passagem para os filhos virem do Brasil para os EUA. Até então, já nos EUA, ela e o pai das crianças estavam compartilhando as visitas em acordo amigável, já que a guarda que havia sido dada a Bruna há quatro anos havia expirado.

“O pai então descobriu que Bruna estava entrando com processo para retomar a guarda dos filhos e a impediu de vê-los e isso se arrastou por duas semanas. Até que ela resolveu ir buscar os filhos e foi impedida por um amigo do pai que estava cuidando das crianças. Eles começaram uma discussão, ele a atingiu com um tapa no rosto e ela se defendeu com um spray de pimenta. Ela então pegou os filhos e levou para passear”, contou ao AcheiUSA Andreia.

Ela então levou as duas crianças e seu filho de oito meses, fruto de outro relacionamento, para um hotel em Yarmouth, Cape Cod (MA). O pai chamou a polícia que emitiu um alerta e ela foi encontrada no hotel e presa. Os filhos foram entregues ao pai na noite de quinta-feira (6).

Ela foi acusada pelas autoridades americanas de “sequestrar” os dois filhos da casa do ex-marido. Na audiência na Corte Distrital de Brockton, o juiz disse que “Bruna não efetuou sequestro” porque a guarda das crianças ainda não foi decidida. Entretanto, o magistrado estipulou em $25 mil a fiança para Bruna, porque ela teria “invadido a casa do ex-marido” e usado “spray de pimenta” para tentar imobilizar o roomate que tomava conta dos dois filhos dela. Por isso, amigos realizaram uma campanha para tirar Bruna da prisão. Ela precisaria do dinheiro paga pagamento da fiança e dos advogados. A amiga de Bruna ressalta que todo o dinheiro será usado para as despesas com advogados e para todos os custos processuais. Andreia acrescenta que todos os recibos serão divulgados e haverá prestação de contas para demonstrar onde o dinheiro foi utilizado.

Na sexta-feira (13), haverá uma audiência de conciliação para que seja definida a guarda das crianças.