Brasileirão está cheio de surpresas, tem dança dos técnicos e dispensa de Jô do Corinthians

0
431
German Cano se tornou um dos vice-artilheiros do Brasileirão, com os dois gols marcados (Foto: Fluminense)
German Cano se tornou um dos vice-artilheiros do Brasileirão, com os dois gols marcados (Foto: Fluminense)

Cuiabá complica o líder

O Cuiabá venceu o Corinthians por 1 a 0 na noite da terça-feira (7), na Arena Pantanal, pela abertura da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas continua na zona de rebaixamento. Ainda sem o técnico Antônio Oliveira, que assistiu à partida das tribunas, o Dourado contou com a lei do ex em um golaço de Uendel (passou pelo rival entre 2014 e 2016), conseguiu sua primeira vitória em casa na competição, deixou rivais para trás e ainda pode fazer o Timão perder a liderança: a missão da equipe de Vítor Pereira, agora, é torcer por tropeço do Palmeiras, que jogou na quinta-feira (9). Com uma escalação alternativa e quatro mudanças logo no intervalo, o Corinthians não conseguiu o empate e perdeu uma invencibilidade que já durava 11 jogos. 

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (11) para enfrentar o Juventude, na Neo Química Arena. Também no sábado, o Cuiabá recebe o Bragantino, na Arena Pantanal – os dois jogos são válidos pela 11ª rodada do Brasileirão.

Red Bull Bragantino supera Flamengo e derruba Paulo Souza

Red Bull Bragantino e Flamengo duelaram pela décima rodada do Brasileirão Assaí (Foto: Diogo Reis/AGIF)
Red Bull Bragantino e Flamengo duelaram pela décima rodada do Brasileirão Assaí (Foto: Diogo Reis/AGIF)

Luan Cândido fez o gol do triunfo Massa Bruta sobre o Rubro-Negro, nesta quarta-feira (8), em Bragança Paulista (SP)

O Red Bull Bragantino voltou a vencer após cinco jogos no Brasileirão Assaí. Pela décima rodada, Luan Cândido marcou e Massa Bruta bateu o Flamengo por 1 a 0, na quarta-feira (8), no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). Com os três pontos somados, o Braga chega a 13 e está em 11º lugar. O Fla permanece com 12, na 14ª colocação e demitiu o técnico Paulo Souza.

O Bragantino, que estava perto da zona de rebaixamento, sobe na tabela e chega à nona colocação, com 13 pontos. O Flamengo, por outro lado, perde a chance de encostar no pelotão de cima e cai para 14ª posição, com 12 pontos.

Os dois times entram em campo no sábado, 11. O Bragantino visita o Cuiabá, às 19h, na Arena Pantanal. O Flamengo visita o Internacional, às 21h, no Beira-Rio.

Ceará quebra tabus em BH

O Ceará venceu o América-MG por 2 a 0, no Independência, na noite da quarta (8), e deu fim à invencibilidade de 14 jogos do Coelho sem perder em casa, pelo Brasileirão. O atacante Mendoza marcou os dois gols do Vozão, um em cada tempo. Com o resultado, o time cearense chegou a 13 pontos e se afastou da zona de rebaixamento. Já o América caiu para sexto, com 14 pontos. 

Com a derrota, o Ceará dá fim à invencibilidade do América jogando no Horto. O Coelho não perdia em casa há nove meses. Foram 14 jogos sem sair derrotado de campo. A última derrota em casa, pelo Brasileiro, foi o 2 a 0 para o Bragantino, em 23 de agosto de 2021. O triunfo do Ceará também encerra o tabu de 10 anos sem vencer o América pelo Brasileirão. A última vez que o Coelho havia perdido para o Vozão foi por 4 a 0, pela 10ª rodada do Brasileiro 2011, no estádio Presidente Vargas (CE).

O América encara o São Paulo no domingo (12), no Morumbi, às 16h. Já o Ceará viaja para jogar contra o Goiás, na Serrinha. Ambos os jogos pela 11ª rodada do Brasileirão.

Furacão derruba Juventude no Sul

De virada, o Athletico venceu o Juventude por 3 a 1, na noite da quarta-feira (8), no Alfredo Jaconi, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pablo, David Terans e Vitor Bueno marcaram os gols do Furacão. Jadson fez para o Papo. O Athletico pulou de oitavo à vice-liderança e, com o tropeço dos adversários, já garantiu o G-4. O Juventude segue no Z-4 e recebeu vaias da torcida após o jogo.

O Juventude caiu para 18ª, com 10 pontos, e está a um ponto de sair do Z-4. O Athletico é agora o segundo colocado, com 16 pontos, dois atrás do líder Corinthians. O Juventude volta a campo contra o Corinthians no sábado (11), na Neo Química Arena. Já o Athletico visita o Fortaleza no domingo (12), no Castelão. Os jogos são válidos pela 11ª rodada da Série A.

Dragão vence nos acréscimos

Foi suado, mas o Atlético-GO voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira (8)-, em jogo da 10ª rodada, o Dragão marcou aos 47 minutos do segundo tempo e venceu o Avaí por 2 a 1, no Antônio Accioly, em Goiânia. O gol salvador foi marcado por Wellington Rato, em condição legal após chute de Marlon Freitas. No primeiro tempo, Gabriel Baralhas, para o Atlético-GO, e Bissoli, para o Avaí, já tinham balançado as redes. A partida também foi marcada por muitos gols desperdiçados. No primeiro tempo, Churín perdeu gol feito para o Dragão. Na etapa final, Muriqui não deixou por menos e também perdeu chance incrível.

Com a vitória, o Atlético-GO chega aos 10 pontos. O time rubro-negro segue na zona de rebaixamento, mas agora já com possibilidades de deixar o Z-4 na próxima rodada. O Dragão visita o Fluminense, sábado (11), no Maracanã. O Avaí, por sua vez, chega ao quinto jogo seguido sem vitória e cai para a 16ª posição, com 11 pontos. O Leão volta a campo na próxima segunda-feira (13), fora de casa, contra o Botafogo.

Empate na Vila!

Santos e Internacional ficaram no empate por 1 a 1 na noite da quarta-feira (8), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro – resultado que tira a chance de o Peixe subir na tabela e de o Colorado entrar no G-4, até pela derrota do Atlético-MG para o Fluminense. No fim, porém, o resultado traduz um jogo equilibrado, de chances perdidas dos dois lados e dois gols – Lucas Braga, para o Santos, e Bruno Méndez, para o Inter. Ainda assim, os donos da casa deixam o jogo com reclamação: um gol de Eduardo Bauermann anulado no primeiro tempo gerou polêmica e muitas reclamações dos santistas. E os visitantes com uma lamentação: teve as melhores chances de vencer no fim e parou na grande atuação do goleiro João Paulo, eleito Craque do Jogo.

O Santos vai ao Mineirão enfrentar o Atlético-MG no próximo sábado (11), enquanto o Inter recebe o Flamengo também no sábado, no Beira-Rio. Os dois jogos são válidos pela 11ª rodada do Brasileirão.

Chuva de gols no Maracanã

Não faltou gol no Maracanã. O Fluminense foi mais eficiente e saiu vitorioso, com 5 a 3 sobre o Atlético-MG na noite desta quarta-feira, pelo Brasileiro. O placar faz jus ao espírito das duas equipes, que se lançaram ao ataque e se expuseram aos adversários. O time da casa foi superior por quase toda a partida, viu os mineiros igualarem o placar, mas tomou à frente com autoridade. Os gols do Fluminense foram marcados por: Cano (2), Luiz Henrique, Arias e Samuel Xavier. Pelo lado do Atlético-MG Hulk, Sasha e Jair marcaram.

Com o resultado, o Galo perdeu a chance de assumir a liderança e perdeu uma posição – agora é o quarto colocado, com 16 pontos. O Fluminense, por sua vez, subiu seis posições, e agora é o sétimo, com 14 pontos. Se afastou da zona de rebaixamento e se aproximou do G-4. As duas equipes voltam a campo no próximo sábado (11). O Fluminense terá pela frente o Atlético-GO, no Maracanã. Enquanto o Atlético-MG vai receber o Santos, no Mineirão.

Dorival Júnior deixa Ceará a caminho do Flamengo

Dorival Júnior deixa o Ceará após dois meses e meio (Foto: Felipe Santos/Ceará)
Dorival Júnior deixa o Ceará após dois meses e meio (Foto: Felipe Santos/Ceará)

O técnico Dorival Júnior está de saída do Ceará para o Flamengo. Dorival assinará contrato até dezembro deste ano com o Rubro-Negro e assumirá o posto de Paulo Sousa, cuja demissão ainda não foi anunciada.

Dorival Júnior chegou ao Ceará após a saída do Tiago Nunes, no dia 28 de março deste ano, e deu nova cara ao time. Começou a usar três volantes, recuperou jogadores que estavam em fase ruim, como o atacante Cléber, e comandou a equipe na ótima campanha na Copa Sul-Americana.

O Ceará foi o único clube que venceu os seis jogos da fase de grupos do torneio. Em 73 dias sob o comando do treinador, o Vozão venceu 11 jogos, empatou quatro e perdeu três.

A saída de Dorival, que ganhou o carinho da torcida do Ceará, é um duro golpe para a equipe, que vem em ascensão na Série A – chegou a ocupar o Z-4 e atualmente está no 12º lugar, com 13 pontos, um a mais que o Flamengo.

Dorival Júnior comandará o Flamengo pela terceira vez. Na primeira passagem, chegou ao clube em julho de 2012. Naquele ano, a equipe terminou o Brasileirão em 11º lugar. O treinador foi mantido para o ano seguinte, mas acabou demitido em março de 2013 porque não aceitou reduzir seus salários em 50%, como desejava a diretoria rubro-negra. Foram 15 vitórias, 11 empates e 10 derrotas do time nesse período.

Em setembro de 2018, Dorival Júnior voltou ao Flamengo para comandar a equipe na reta final do Brasileirão. Em 12 jogos, foram sete vitórias, três empates e duas derrotas. A campanha levou o time ao vice-campeonato nacional. Um dos casos mais emblemáticos do treinador naquele ano foi o desentendimento com Diego Alves, que se recusou a viajar a Curitiba e foi afastado.

Apesar da boa campanha, Dorival não ficou em 2019. Recém-eleito para presidir o clube, Rodolfo Landim acertou a contratação de Abel Braga. No fim de 2019, Dorival fez um acordo com o Flamengo para receber cerca de R$ 13 milhões a que tinha direito.

Corinthians e Jô rescindem contrato

Jô, flagrado no samba quando estava lesionado, não integra mais o elenco do Timão (Foto: goal.com)
Jô, flagrado no samba quando estava lesionado, não integra mais o elenco do Timão (Foto: goal.com)

Jô está fora do Corinthians. Clube e atacante acertaram na quinta-feira (9) a rescisão de contrato de forma amigável após o jogador ser flagrado tocando pagode em um bar de São Paulo na terça e faltar ao treinamento de quarta.

O centroavante de 35 anos tinha contrato até o fim de 2023, mas abriu mão de todo o dinheiro que teria de receber no restante de seu contrato (18 meses). Ele está liberado para procurar outro clube.

Nesta temporada, Jô participou de 19 jogos, com quatro gols marcados. O centroavante não esteve em Cuiabá por conta do trauma no pé que o tirou dos últimos três jogos. Ele se machucou no empate por 1 a 1 com o Always Ready, no dia 26 de maio. Desde então, perdeu as partidas contra América-MG (casa), Atlético-GO (fora) e Cuiabá (fora).

A falta ao treino não foi um erro isolado. Em março, o jogador se ausentou de dois treinamentos após viajar para curtir seu aniversário. A diretoria e o próprio técnico português disseram que não perdoariam uma nova falha do jogador, que já vinha de outros problemas extracampo em 2021.


Sorteio define confrontos das oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil 2022

Sorteio das Oitavas de Final da Copa Intelbras do Brasil (Fotos: Thais Magalhães/CBF)
Sorteio das Oitavas de Final da Copa Intelbras do Brasil (Fotos: Thais Magalhães/CBF)

Definidas as oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil! Em sorteio realizado nesta segunda-feira (7), na sede da CBF, ficaram decididos os oito confrontos da próxima etapa da competição mais democrática do país.

O sorteio definiu quatro clássicos estaduais para as oitavas de final. Os quatro times do estado de São Paulo se enfrentarão nos confrontos: Corinthians x Santos e São Paulo x Palmeiras. Além dos dois duelos, Goiás e Atlético-GO e Fortaleza e Ceará também se enfrentarão. Há ainda três confrontos entre campeões brasileiros: Flamengo x Atlético-MG, Athletico x Bahia e Fluminense x Cruzeiro. O embate entre América-MG e Botafogo fecha as oitavas de final.

As datas base são dos dias 22 e 23 de junho para os jogos de ida e 13 e 14 de julho para os jogos de volta. O chaveamento das fases seguintes será definido em novo sorteio antes das quartas de final da Copa Intelbras do Brasil.

Oitavas de final da Copa Intelbras do Brasil 2022:

  • Santos x Corinthians
  • Palmeiras x São Paulo
  • Bahia x Athletico
  • Atlético-GO x Goiás
  • Ceará x Fortaleza
  • Cruzeiro x Fluminense
  • Botafogo x América-MG
  • Flamengo x Atlético-MG

*Times à esquerda decidem o confronto em casa


Finais emocionantes na NBA

Jason Tatum tem sido uma das estrelas do Boston Celtics nesta temporada e pode conseguir seu primeiro título da NBA (Foto: nba.com)
Jason Tatum tem sido uma das estrelas do Boston Celtics nesta temporada e pode conseguir seu primeiro título da NBA (Foto: nba.com)

A vitoriosa geração do Golden State Warriors mostrou, nos últimos anos, como é possível vencer duelos no garrafão, tanto ofensiva quanto defensivamente, contra adversários mais altos e fortes com estratégia. Aconteceu no jogo 2, mas não foi o caso, nem de longe, na derrota no jogo 3 contra o Boston Celtics, na noite da quarta-feira (8).

Num ambiente eletrizante em Boston, que não recebia um jogo de finais da NBA desde junho de 2010, os anfitriões impuseram sua vantagem física e intensidade desde o início, com 20 rebotes a oito no primeiro período, além de 14 pontos a seis na área pintada. Estes números chegaram a incríveis 52 pontos a 26 no fim do jogo, com 15 a 6 em rebotes ofensivos e 32 a 25 em defensivos. Os Celtics fizeram 22 a 11 em pontos de segundas chances.

O desempenho foi fruto das responsabilidades compartilhadas. Seis jogadores pegaram cinco ou mais rebotes cada, sendo quatro com três rebotes ofensivos. Jaylen Brown, Jayson Tatum, Marcus Smart e Al Horford foram o primeiro quarteto a ter, no mínimo, 10 pontos, cinco rebotes e cinco assistências em um jogo das finais desde 1966.

Cérebro e coração dos Warriors na defesa, Draymond Green foi dominado por completo, tanto nas disputas individuais contra Brown e Grant Williams, quanto na incapacidade de organizar o sistema defensivo dentro de quadra. No ataque, fez dois pontos e três assistências, seus piores números na série.

O próximo encontro entre os dois finalistas está marcado para sexta-feira (10), no TD Garden, em Boston. O quinto jogo será disputado no Chase Center em San Francisco, na segunda-feira (13). Se houver necessidade, a sexta partida será em Boston na quinta-feira (16) e o sétimo e decisivo jogo está previsto para domingo, 19 de junho, na Califórnia.