Brasileiro acusa esposa de trazer filhos para os EUA sem que ele soubesse

Comerciante afirma que estava vivendo uma crise no casamento, mas família tinha boas condições de vida; “Tudo o que eu quero é ter minha família de volta”, diz

0
4132
Brasileiro-quer-que-as-crianças-voltem-para-casa

O brasileiro Carlos Henrique Felix está desesperado para levar de volta os filhos – de 14 e 9 anos – para a casa em Jundiaí (SP). Ele acusa a esposa de ter saído de casa com o casal de filhos em maio do ano passado e vindo para os Estados Unidos sem que ele soubesse. Eles estariam em Naples, Flórida.

Felix fez contato com o AcheiUSA na intenção de retomar o contato com os filhos e com a esposa, e pedir para que eles voltem para casa. Ele afirma estar deprimido e que não sabe mais o que fazer.

“Meu advogado já entrou em contato com o consulado e já fizemos denúncia na Polícia Federal, mas ainda não tivemos retorno. Estou de mãos atadas, sem saber o que fazer para ter minha família de volta”, disse o comerciante ao AcheiUSA.

O brasileiro relata que ele e a esposa estão casados há 15 anos, que eram uma família feliz, que o casal estava passando por uma crise no casamento, mas que eles tinham uma vida confortável. “Estávamos vivendo momentos difíceis como casal, eu não posso negar, mas nunca imaginei que ela levaria os meus filhos dessa forma. Tínhamos uma vida confortável, uma casa, eu trabalho, ela tinha o salão dela, não tinha razão para ela fugir dessa maneira. Eu acho que ela fez isso para me ferir”.

Para fazer uma viagem internacional, é necessário ter passaporte e autorização de ambos os pais. A Polícia Federal confirmou ao advogado de Felix, Édio Eduardo Monte, que os passaportes foram tirados com a devida autorização dos pais.

Felix acredita que tenha assinado o documento sem saber da intenção da esposa. “Ela tirou os passaportes deles dizendo que era importante, caso um dia eles quisessem fazer intercâmbio. Eu confiava na minha esposa de olhos fechados e acabei assinando a autorização”.

Ele afirma que a família foi amparada por uma amiga da esposa, que teria uma padaria em Naples onde a esposa estaria trabalhando.

“Foi uma atitude totalmente impensada da minha esposa. Quero que meus filhos voltem para casa, para a vida que eles tinham aqui. Nunca imaginei que ela pudesse fazer isso comigo. Se Deus quiser, eles vão voltar e vamos ser uma família de novo”.