Brasileiro agride roommate por causa de uma pizza e é preso em Pompano Beach

De acordo com ocorrência policial, em ataque de fúria, homem espancou conterrânea que alugava quarto para ele

0
21868
Marcelo Barbosa Cabral
Marcelo Barbosa Cabral

DA REDAÇÃO – Uma brasileira de 49 anos, que preferiu não se identificar, foi violentamente espancada por outro brasileiro, que alugava um dos quartos de sua casa em Pompano Beach, de acordo com declarações dadas por ela à Corte. Marcelo Barbosa Cabral, de 41 anos, foi preso acusado de agressão, mas pagou fiança de $1 mil e foi liberado.

De acordo com o documento da Corte, Marcelo alugava um quarto na casa da brasileira há mais ou menos um ano e meio. Segundo a vítima, ele bebe muito e frequentemente ‘esmurra’ a parede do apartamento. “Na noite do dia 9 de julho, ele pediu para que eu pedisse uma pizza para ele por telefone. Eu pedi a pizza, disse para ele que demoraria uma hora e voltei para o meu quarto. Depois de 20 minutos, ele disse que não queria mais a pizza e que não pagaria por ela. Ele começou a gritar na porta do quarto, eu falei que tudo bem, que pagaria pela pizza e voltei para o quarto. Escutei um barulho na cozinha e quando fui ver o que aconteceu, ele tinha quebrado uma garrafa de cerveja no chão. Pedi para ele diminuir o volume do som porque eu estava muito cansada e tinha que trabalhar no outro dia”, disse a vítima em depoimento obtido com exclusividade pelo AcheiUSA.

Vítima levou vários socos no rosto
Vítima levou vários socos no rosto

Ela continua o depoimento dizendo que se virou para voltar para o quarto, quando ele ficou na sua frente, a impedindo de voltar para o quarto. “Ele começou a me empurrar contra a parede no corredor, eu tentei fugir, ele me empurrou, caí em cima de um móvel, ele me segurou e começou a me dar murros como se fosse um lutador de UFC”, contou. “Ele puxou meu cabelo para bater minha cabeça no chão e ele colocou seu joelho em cima do meu peito. Tentei gritar por socorro, mas ele me segurou pela garganta. Meu nariz sangrava muito, ele é muito forte, tinha sangue por todo lado”.

A vítima disse que, então, que pensou que fosse morrer, quando conseguiu jogar um teclado contra a janela para pedir socorro. O entregador de pizza chegou, ouviu a confusão, bateu na porta e o acusado foi atender à porta, quando a vítima conseguiu sair e pedir socorro. “Eu pedi para o entregador chamar a polícia e saí correndo para pedir ajuda a outro vizinho, ele ainda assim veio atrás de mim e queria me colocar dentro do carro. Meu outro roommate chegou, viu a cena e chamou a polícia”. A polícia chegou e levou Marcelo preso.

Vítima teve vários ferimentos
Vítima teve vários ferimentos

A vítima foi levada para a emergência, medicada e levada de volta para casa da filha, onde está descansando. Segundo o genro da vítima, ela está muito assustada e com medo. “É um absurdo que ele tenha pago $1 mil e já ter saído da cadeia depois de tudo que ele fez”.

Alerta

O genro da mulher afirma que fica o alerta para quando as pessoas forem alugar quartos para desconhecidos. “É muito comum por aqui as pessoas alugarem quartos. Muito cuidado, tem que checar o histórico da pessoa que você vai colocar em casa. Minha sogra está sofrendo muito com tudo isso e ele ainda saiu impune. Que sirva de alerta para outras pessoas que estejam alugando quartos”.