Brasileiro cai de caixa d’água e morre em New Jersey

O corpo de Adilson foi levado para ser enterrado em sua cidade-natal

0
2735
Adilson morreu depois de cair de caixa dagua
Adilson morreu depois de cair de caixa dagua

O brasileiro Adilson Vozniak, de 37 anos, casado, natural da cidade de Reserva (PR), morreu ao cair do alto de uma caixa d’água, na segunda-feira (15), em Rockaway (NJ). O trágico acidente ocorreu nas proximidades do Morris Knolls High School, na 48 Knoll Dr., onde ele pintava o teto do tanque. Especula-se que ele tenha escorregado na tinta ainda molhada e caído de uma altura de 20 metros. Durante a queda, o brasileiro teria batido a cabeça nas barras do andaime e sofreu traumatismo craniano e fraturas nas costelas. Ele foi levado ao Hospital Saint Clare’s, onde foi pronunciado morto.

O corpo de Adilson foi levado para ser enterrado em sua cidade-natal. Ele deixou um casal de adolescentes, um menino de 14 e uma menina de 15 anos.

Segundo José Geraldo Wosniak, primo de Adilson, antes de imigrar para os EUA, ele era caminhoneiro no Brasil e aproximadamente há quatro meses trabalhava como pintor de pontes e viadutos em New Jersey. Ele havia visitado os EUA anteriormente, onde teve contato com outros imigrantes paranaenses, quando gostou do país e resolveu retornar em busca de trabalho. O seu objetivo era trabalhar na pintura durante 1 ano e meio, até poder comprar um caminhão e voltar ao Brasil. Apesar da distância da família, ele aparentava gostar do trabalho e estar feliz, detalhou o primo.

José Geraldo acrescentou à equipe de reportagem do BV que, no dia do incidente, quando saiu de casa, o primo ainda dormia e às 3 horas da tarde recebeu uma ligação informando-lhe sobre o trágico acidente. Adilson ainda foi encontrado no chão respirando, entretanto, não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu momentos depois. Ainda segundo o primo, com o apoio do amigo Mário Schraier, que possui uma companhia de construção, a companhia que Vozniak trabalhava pagou todas as despesas, ofereceu assistência e manteve contato constante. As informações são do Brazilian Voice.