Brasileiro é acusado de furtar carne e mariscos de local onde trabalhava

Colega de trabalho relatou ao seu chefe que descobriu furto e a direção do Market Basket começou a rever os vídeos de segurança

0
5498
Loja em que o brasileiro trabalhava em Framingham
Loja em que o brasileiro trabalhava em Framingham

Autoridades divulgaram na terça-feira (27)  a prisão de um homem acusado de furtar carnes e mariscos do local onde trabalhava, o Market Basket, na cidade de Ashland (MA). O crime teria sido descoberto em um recente churrasco que ele organizou em sua casa, quando um de seus colegas de trabalho estava na festa e percebeu um grande estoque de alimentos congelados em um freezer.

O acusado é Ricardo Molina, 40 anos, o qual segundo algumas pessoas nas redes de sociais, é brasileiro. Ele foi preso na manhã de segunda-feira (27), depois indiciado pelo furto de aproximadamente $3mil em carnes, frutos do mar e um ar condicionado.

Quando foi interrogado pela polícia, Ricardo a princípio disse que não tinha ideia do que os policiais falavam. Mas quando os oficiais informaram que ele foi capturado em vídeo roubando carne e camarão, ele solicitou a presença de um advogado. Os policiais prenderam Ricardo e o acusaram de furto de propriedade no valor acima de $250.

Não foi fixada fiança e o juiz Cesar Archilla liberou o acusado que deve voltar ao tribunal no dia 25 de agosto para uma conferência de pré-julgamento.