Brasileiro é acusado de matar português na Suíça

Ricardo Marques Ferreira foi morto a facadas no quarto de hotel onde estava hospedado

0
2368
Ferreira tinha 49 anos e deixou dois filhos maiores (Foto: Reprodução/Facebook)

Um brasileiro é suspeito de ter matado a facadas o cabeleireiro português Ricardo Marques Ferreira. Ferreira cuidava do cabelo de alguns famosos, entre eles o craque português da Juventus, Cristiano Ronaldo. A vítima, assim como Ronaldo, era da Ilha da Madeira. O nome do brasileiro, de 39 anos, não foi divulgado.

O crime aconteceu na sexta-feira (1), no bairro de Albisrieden. O corpo foi encontrado por uma funcionária do hotel onde o português estava hospedado, às 2 p.m. de sexta-feira. Ela disse ao jornal português VIP que a cena do crime era “macabra”.

“O corpo estava sobre a cama, coberto de sangue e com várias marcas de facadas. Havia sangue por toda parte e um cheiro forte de álcool”, descreveu a funcionária.

Ferreira, também conhecido como Caju, morava há dois anos em Zurich, e estava há uma semana no hotel onde aconteceu o crime, segundo a VIP. A polícia iniciou uma caçada e no sábado (2) prendeu um brasileiro de 39 anos suspeito de ter cometido o assassinato. O nome dele não foi divulgado.

Em nota, a polícia de Zurich disse que “a investigação levou à identificação do suspeito de ser o autor do crime. O motivo do assassinato ainda não foi esclarecido.”

Ferreira deixa dois filhos maiores de idade, segundo o jornal português Diário de Notícias.