Brasileiro é encontrado morto em abrigo de New York

Um segurança encontrou o brasileiro já sem vida em sua cama encharcada de sangue no 3º andar do abrigo

0
2071
Polícia de NY remove corpo de Marcus Guerreiro
Polícia de NY remove corpo de Marcus Guerreiro

No último dia 15,  funcionários encontraram o brasileiro Marcus Guerreiro, de 56 anos, morto em sua cama no Bellevue Men’s Shelter, na E. 30th St., próximo a 1ª Avenida, em Manhattan (NY). A suspeita é que ele tenha sido assassinado.  As informações são do jornal NY Daily News.

Um segurança encontrou o brasileiro já sem vida em sua cama encharcada de sangue no 3º andar do abrigo aproximadamente às 8:20 da manhã, segundo fontes. A vítima tinha um fio fino enrolado em volta do pescoço e um corte profundo na garganta. Ele vendia cigarros avulsos para manter-se e dormia no abrigo desde 28 de maio do ano passado, mas também dormiu em outros abrigos nesse período.

O colega de quarto da vítima foi visto no banheiro do corredor lavando sangue das mãos, conforme fontes. Além disso, foram encontrados lençóis sujos de sangue na lixeira do banheiro.

Ainda segundo fontes, o colega de quarto de Guerreiro retornou ao abrigo depois que os policiais chegaram e aparentava não saber o que havia acontecido. Ele se aproximou da cena do crime e perguntou: “O que está acontecendo?”

O colega de quarto e mais duas pessoas foram interrogadas pelos agentes. A polícia também procura um indivíduo que perseguia a vítima.

O chefe dos detetives de Manhattan, William Aubry, detalhou que haviam 3 camas no quarto e 67 pessoas assinaram para ficar no andar na noite de quinta-feira (14).

Fontes disseram que a vítima relatou ao segurança que dois homens foram ao seu quarto em 26 de março, o imobilizaram com um travesseiro em seu rosto, tentando sufoca-lo, enquanto outro indivíduo roubou-lhe cerca de US$ 200. Entretanto, o brasileiro não fez uma reclamação oficial do incidente. Alguns amigos disseram aos detetives que recentemente ele estava sendo perseguido por outros sem-teto.