Brasileiro é preso em Pompano Beach por instalar câmera em banheiro feminino

Ele foi preso no dia 7 deste mês sob a acusação de voyeurismo, que é considerado crime de terceiro grau pelo Estado da Flórida.

0
2267
Broward Sheriff Office, Pompano Beach ( foto: BSO)
Broward Sheriff Office, Pompano Beach ( foto: BSO)

A polícia de Broward prendeu o brasileiro Alex Sandro Cardoso Ramos, 33, após descobrir que ele estaria capturando imagens íntimas de mulheres no banheiro da companhia em que trabalhava, em Pompano Beach.

Alex foi preso no dia 7 deste mês  sob a acusação de voyeurismo, que é considerado crime de terceiro grau pelo Estado da Flórida. 

Ele confessou que instalou a câmera e baixou as imagens em seu laptop. 

Segundo a polícia, as imagens eram usadas para “para satisfazê-lo sexualmente”.

A câmera foi descoberta por uma das mulheres gravadas pelo brasileiro, que fez a denúncia. Os relatos policiais também dão conta que ele teria instalado outras “câmeras espiãs”. Uma delas em sua própria casa sem o consentimento de sua esposa.

Alex Sandro Cardoso Ramos (foto: Broward Sheriff’)

Alex pagou fiança no valor de $2,5 mil e foi liberado.  Ele vai responder por duas acusações de voyeurismo por vídeo.

Os crimes de terceiro grau podem ocasionar na prisão do acusado em até cinco anos.