Brasileiro é preso pelo ICE em Pompano Beach

Esposa pede ajuda para marido e pai de seus três filhos preso ao comparecer a uma audiência de Imigração

0
2082
Marlon Vilela foi preso pelo ICE ao fazer um check-in na Imigração (Foto GoFundMe)

A porto-riquenha Yamilette Rivera está pedindo ajuda da comunidade para o seu marido, Marlon Vilela, preso na semana passada pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) em Pompano Beach.

Segundo Rivera, o marido e pai de seus três filhos – um deles com apenas quatro meses de idade – foi preso ao comparecer à uma audiência na Corte de Imigração em Pompano Beach. Ela não forneceu detalhes se era uma visita de rotina, como acontece em alguns processos, ou se era audiência para casamento, já que ela é cidadã americana por ter nascido em Porto Rico.

“Estamos pedindo ajuda de todos para tirar meu marido Marlon Vilela da prisão e para que ele não seja deportado. Estávamos na Corte e o ICE acabou o levando. Nós temos três filhos e um deles ainda bebê precisa muito do seu pai. Por favor, ajude da forma que você puder”, escreveu a esposa na página do GoFundMe para arrecadar fundos para pagamento das despesas advocatícias.

Mineiro de Governador Valadares (MG), Marlon é um mecânico muito conhecido na região de Pompano Beach. “Estou ajudando esta família porque conheço e sei que são ótimas pessoas. Ele é trabalhador, que Deus abençoe”, escreveu uma conhecida da família. Quem puder ajudar, basta clicar no link.