Brasileiro é resgatado do prédio que desmoronou em Surfside

Em um vídeo enviado à filha pelo celular, ele disse que acordou assustado com os estrondos e a enorme nuvem de poeira formada pelos destroços

0
2856
55 unidades desabaram em uma das duas torres que compõem o complexo de apartamentos (foto: Sam Navarro USA TODAY)
55 unidades desabaram em uma das duas torres que compõem o complexo de apartamentos (foto: Sam Navarro USA TODAY)

O brasileiro Bruno Treptow, pai da jornalista Joana Treptow, da TV Bandeirantes, está entre os resgatados do prédio que desabou em Surfside, FL, na madrugada desta quinta-feira (24).

Segundo um post publicado pela jornalista em suas redes sociais, ele mora no edifício há quase 20 anos e, por muito pouco o apartamento dele também não foi abaixo. “Que os bombeiros encontrem sobreviventes dessa tragédia. Que tristeza, meu Deus”, escreveu Joana.

Ela aproveitou para agradecer às mensagens  de apoio recebidas e dizer que seu pai e a família passam bem.

“Graças a Deus a minha família foi resgatada. O meu pai, a esposa dele e a cachorra estão bem. Muito abalados. Só queria estar perto. Os vizinhos, pessoas que conheciam há tanto tempo. As crianças vizinhas de porta que eles viram crescer. Meu Deus”, escreveu.

O pai da jornalista chegou a enviar um vídeo para a filha que foi obtido com exclusividade pela TV Bandeirantes, onde ele diz que acordou com um estrondo e que não conseguia ver o mar – cuja vista é possível da sacada do apartamento –  por causa da grande nuvem de poeira que formou com os destroços.

Segundo ele, havia dificuldade para receber informações logo após o incidente, mas uma grande quantidade de ambulâncias e veículos do Miami-Dade Fire Rescue já estavam no local.

Ao todo, 55 unidades desabaram em uma das duas torres que compõem o complexo de apartamentos Champlain Towers South Condo.  O restante do edifício continua de pé, mas todos os moradores foram obrigados a evacuar o local devido aos riscos de novos desabamentos.

O Miami-Dade County Police Department já trabalha com a possibilidade de pelo menos 99 desaparecidos.