Brasileiro está desaparecido há três semanas na Flórida

Esposa e familiares pedem ajuda da comunidade para encontrar o carioca, que tem tendências depressivas e pode estar em Orlando

0
948

DA REDAÇÃO – O carioca Josué da Silva Oliveira, 39 anos, que residia em Broward, está desaparecido há mais de duas semanas. A esposa, Carla Neves, já recorreu às autoridades locais, sem resultados positivos, e agora pede ajuda da comunidade para encontrar seu marido. “Eu só quero saber se ele está bem”, implora Carla, que viu o marido pela última vez no domingo antes do Natal.

A esposa suspeita que Josué esteja morando em Orlando. Segundo conta Carla, colegas deles vinham influenciando-o a mudar de cidade para trabalhar como caminhoneiro, já que ele tem carteira de motorista classe CDL.

A maior preocupação da esposa é em relação ao estado psicológico de Josué, que tem tendências depressivas e suicidas. O carioca já ficou desaparecido uma outra vez, há quatro anos. Chorava pelas ruas, em depressão, quando foi recolhido pela polícia e levado para uma clínica. Carla conta que, nesta ocasião, Josué teria pensado em tentar suicídio. Não efetivou o ato mas ficou vagando pelas ruas e foi internado por 14 dias, deixando a família sem notícias sobre seu paradeiro.

Dessa vez a polícia já buscou pelos hospitais locais e não encontrou registro. Carla está tentando contato com igrejas e entidades de Orlando para que a ajudem na busca pelo marido. “Meu coração diz que ele está lá. Mesmo que ele não queira mais voltar para casa, tudo bem. Só quero ter certeza de que ele está bem”, suplica, chorando, a esposa.

A crise
Carla conta que seu marido entrou em crise nos últimos meses, sem razão especifica. Devido a traumas de infância ele já tem tendência a entrar em depressão e por toma remédios anti-depressivos. Mas no último semestre, segundo Carla, Josué começou a frequentar a igreja Assembléia de Deus e ficou obssessivo, só falava em religião e andava com a Bíblia o tempo todo. “Segundo a médica dele já era por causa do estado depressivo; ele estava com obssessão com a igreja”, conta.

Dias antes do desaparecimento Carla e ele tiveram uma discussão, mas nada sério. No domingo, dia 18, ao voltar para casa Carla não encontrou mais o marido e nem suas roupas.

Josué tem três filhas adolescente do casamento anterior. Elas moram no Brasil e também estão desesperadas. Ele não se comunicou nem com a mãe e todos temem que algo pior possa acontecer.

Carla e Josué são casados há oito anos e naturais do Rio de Janeiro. Logo após o casamento se mudaram para os Estados Unidos, onde vivem desde então. O casal não têm filhos.

Informações
A família pede a quem tiver notícias do carioca que se comunique através do telefone (561) 929-1346, ou pelo e-mail carlaneves25@hotmail.com. Josué tem 1,69cm, cabelos um pouco grisalhos e 39 anos. Frequentava a igreja Assembléia de Deus e pode estar trabalhando como caminhoneiro em Orlando, ou em outro estado.