Brasileiro morre tentando atravessar a fronteira do México com os EUA

Esta é a segunda morte de brasileiro na fronteira em menos de um mês; família se mobiliza para conseguir dinheiro para traslado do corpo

0
22653
Mineiro morto na fronteira
Mineiro morto na fronteira

Com menos de um mês de diferença, mais um brasileiro morreu tentando atravessar a fronteira dos EUA com o México. Desta vez, Sidney da Silva, mineiro de Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce, foi encontrado morto. A informação foi confirmada pela família de Sidney, de 39 anos, na manhã de terça-feira (23), mas a causa da morte ainda não foi informada. As informações são do G1.

Segundo uma parente, que não quis se identificar, Sidney fez o último contato com a família na quinta-feira (18). No domingo (21), legistas de Laredo, no Texas, onde o corpo foi encontrado, avisaram da morte do brasileiro. Ainda de acordo com a família, o passaporte e o número de um telefone estava ao lado do corpo.

Os familiares confirmaram que Sidney tentava entrar ilegalmente nos EUA pela terceira vez para encontrar a esposa e uma das filhas, de 2 anos, que moram no país. Eles aguardam mais informações sobre a morte do mineiro e fazem uma campanha na internet para arrecadar fundos para levar o corpo para o Brasil.

O brasileiro já residiu em Massachusetts onde trabalhou como pintor e estaria tentando entrar no país novamente após ter sido deportado.

História se repete

No dia 5 de maio, o brasileiro Fabrício da Silva Santos, de 31 anos, natural de Guanhães (MG), foi encontrado morto na fronteira.  Fabrício tentava entrar ilegalmente nos Estados Unidos, onde a esposa e o filho dele, de um ano de idade, estão legalmente desde dezembro do ano passado.

Esta é a terceira morte de brasileiro em tentativa de entrar ilegalmente este ano.  Em meados de março, outro brasileiro, Júlio Barcellos, de 35, morador de Roraima, morreu afogado no Rio Grande, em Nova Loreda, ao tentar atravessar a fronteira do México.

Sidney  o terceiro morador do Leste de Minas que morreu ao tentar a travessia para os EUA em menos de um ano. Em 21 de dezembro Leandro Camilo de Oliveira, de 34, morreu após ser encontrado desidratado em um deserto do Texas. Ele chegou a ser levado para um hospital, mas não resistiu.

 

Fabricio morreu ao tentar atravessar a fronteira
Fabricio morreu ao tentar atravessar a fronteira