Brasileiro que morava nos EUA vai ao Brasil passar o Natal e é brutalmente assassinado

Wesley Arroyos, de 32 anos, foi vítima de latrocínio no interior de São Paulo

0
9732
Wesley Whoterson Arroyos (foto: Facebook)

Wesley Whoterson Arroyos, de 32 anos, desapareceu da casa dos pais em Jaú, no interior de São Paulo, no dia 26 de dezembro. Ele morava em Austin, no Texas, e tinha ido ao Brasil celebrar o Natal com a família. Seu corpo foi encontrado no dia 27 em uma área rural no município vizinho de Potunduva (SP). Segundo o delegado Marcelo Tomaz Goes, que liderou as investigações do caso, ele foi vítima de latrocínio.

A brutalidade do crime chocou moradores da região. Wesley recebeu aproximadamente dez facadas que atingiram o pescoço, nuca e tórax. Mesmo ferido, ele ainda teria tentado escapar, mas foi atropelado pelos criminosos. Eles roubaram cartões de banco, documentos e R$ 80 em dinheiro.

O delegado disse ao site G1 que os agentes identificaram que o cartão da vítima estava sendo usado para saques e compras durante a madrugada, quando os familiares já haviam notificado o sumiço do homem. Com a ajuda de câmeras de segurança, eles chegaram até os dois suspeitos que estavam usando o cartão.  Os infratores, de 27 e 18 anos, foram levados para a delegacia e entregaram outros três envolvidos. Entre eles, um adolescente de 17 anos confessou ter desferido as facadas. O relatório da polícia aponta que Wesley foi rendido dentro do seu carro e levado desacordado no porta-malas até um canavial, onde o homicídio ocorreu. Em seguida, o automóvel com o corpo foi queimado.

Pelas redes sociais, Vera Lúcia Toledo Pedroso, professora de Wesley no ensino médio, prestou homenagens ao ex-aluno:  “Seguíamos amigos à distância, mesmo [ele] estando fora do país. Veio rever a família e os amigos, passar as festas do final de ano sem saber que encontraria um desfecho tão trágico. De repente, uma violência, um ato insano interrompe tudo isso. A notícia choca, nos deixa incrédulos. Guardo a lembrança do menino alegre, querido por todos. Coração partido”, postou.