Brasileiro se declara culpado por ter reentrado ilegalmente nos Estados Unidos

De acordo o Departamento de Justiça, o brasileiro foi deportado em dezembro de 2003, voltou para os EUA ilegalmente e foi detido em agosto do ano passado

0
4643
Geovane foi parado pela polícia em 2017, depois de reentrar ilegalmente nos EUA
Geovane foi parado pela polícia em 2017, depois de reentrar ilegalmente nos EUA

O brasileiro Geovane José Ferreira, de 34 anos, se declarou culpado em Corte Federal de Boston (MA) por ter reentrado nos Estados Unidos após ter sido deportado em 2003. Geovane admitiu a culpa e teve a próxima audiência, quando será dada a sentença, marcada para o dia 28 de junho.

Segundo o Departamento de Justiça, Geovane foi parado pela polícia no dia 2 de agosto de 2017 na cidade de Essex (MA) e, depois que agentes federais pediram reforço para prender o brasileiro que estava dirigindo pela Eastern Avenue.

Os agentes federais prenderam o brasileiro de forma preventiva. “Esse foi o nosso único envolvimento com o caso. A polícia de Essex não aplica leis imigratórias, não é isso que fazemos”, disse um policial presente à audiência.

Geovane pode pegar até dois anos de prisão, um ano em regime supervisionado, além de multa de $250 mil e está sujeito à deportação.