Brasileiros distribuem lenços para mulheres em tratamento de câncer no sul da Flórida

Campanha liderada pela empresária Cláudia Bueno, da Bueno 4 Health & Life Insurance, arrecadou 300 lenços para mulheres que perderam os cabelos devido à quimioterapia, além de laços para pacientes infantis e sutiãs especiais

0
797
Voluntários distribuem lenços para pacientes de câncer no North Broward Hospital (foto: cortesia)

Outubro é o mês da conscientização e prevenção do câncer de mama. Durante este período, ações como doar lenços para mulheres que perderam os cabelos em razão da quimioterapia pode trazer alento às vítimas da doença.

A empresária Cláudia Bueno, CEO da Bueno 4 Health & Life Insurance, sabe bem a importância do gesto. Em julho deste ano, ela lançou uma campanha com o objetivo de arrecadar 300 lenços para presentear as pacientes do sul da Flórida. A meta foi alcançada e a distribuição aconteceu na última semana no North Broward Hospital Cancer Center, em Pompano Beach.

O hospital foi escolhido por ser o destino de muitas brasileiras que enfrentam o câncer na região. “Quis levar para lá este amor da nossa comunidade, e deixar claro que elas não estão sozinhas”, disse a empresária. 

Além dos lenços, ela e um grupo de voluntários doaram laços para as pacientes do setor infantil, e 13 sutiãs especiais, indicados para as mulheres que passaram pela mastectomia, a cirurgia de retirada da mama.

De acordo com o American Cancer Society, 148 mil pessoas receberam ou devem receber um diagnóstico de câncer na Flórida em 2021, sendo que o tipo mais comum entre elas é o que afeta as mamas, com estimativa de atingir mais de 20 mil até o final deste ano.

Cláudia, que atua no ramo de seguros de saúde, alertou que no próximo dia 1 de novembro abrem as inscrições para o Obamacare. 

Segundo ela, imigrantes em processo de legalização que já receberam o formulário I-797, ou pessoas com vistos de estudante F1-F2, se qualificam para o plano. “Então o meu conselho é fazer o preventivo [mamografia] que é gratuito para todas que têm o plano de saúde”, falou.