Local

Broward emite alerta de raiva animal após gato testar positivo

Broward emite alerta de raiva animal. Foto: Reprodução Facebook

O Departamento de Saúde da Flórida emitiu um alerta de raiva animal para partes do condado de Broward na quarta-feira (28), depois que um gato de rua testou positivo para a doença. O alerta ficará vigente por 60 dias e inclui especialmente os limites de Sunrise Boulevard ao norte e Middle River, do leste ao oeste, incluindo a região sul. Durante o período, as autoridades de saúde reforçam a importância da vacinação antirrábica, e recomenda manter animais de estimação dentro de casa ou, durante passeio, em coleira. O departamento também pede que as pessoas evitem manusear, alimentar ou atrair animais selvagens por meio de comida deixada ao ar livre, como lixo descoberto e ração para animais.

A raiva afeta o sistema nervoso e é fatal para animais e humanos, de acordo com as autoridades de saúde. Na vida selvagem da Flórida, a raiva é mais comumente encontrada em guaxinins e morcegos, mas gatos selvagens também podem contrair a raiva, por conta da dificuldade em vaciná-los. Um animal infectado pode espalhar o vírus através de sua saliva ao morder outro animal ou pessoa. Também é possível que a raiva se espalhe quando a saliva de um animal infectado entra em contato com um corte aberto na pele ou nos olhos, nariz ou boca de um indivíduo ou animal, embora isso seja menos comum, de acordo com a American Veterinary Medical Association.

Os animais com raiva podem apresentar uma variedade de sinais, incluindo medo, agressividade, salivação excessiva, dificuldade para engolir, paralisia e convulsões. “Animais selvagens raivosos podem perder seu medo natural dos humanos e exibir um comportamento incomum; por exemplo, um animal que normalmente só é visto à noite pode ser visto vagando durante o dia”, relata a American Vetenerary Medical Association em comunicado.

Pela lei da Flórida, gatos, cachorros e furões são obrigados a serem vacinados contra a raiva, e devem manter a imunização antirrábica atualizada. Pessoas mordidas ou arranhadas por animal selvagem ou doméstico, devem limpar o local com água e sabão e procurar um profissional de saúde para saber se você deve fazer profilaxia pós-exposição contra a raiva, que pode ajudar a proteger contra a doença.

Para saber mais sobre a raiva animal, acesse FloridaHealth.gov