Cai o número de imigrantes ilegais nos EUA

0
2213

Estudo aponta que número de estrangeiros vivendo ilegalmente no País é menor que 11 milhões

DA REDAÇÃO (com Agências) – O número de imigrantes vivendo ilegalmente nos Estados Unidos diminuiu para o seu menor nível em uma década, e possivelmente está abaixo dos 11 milhões de pessoas contabilizadas anteriormente, diz uma reportagem do jornal The Los Angeles Times.

O jornal cita um estudo do Center for Migration Studies, que contabiliza 10,9 milhões de imigrantes vivendo ilegalmente no País. É o menor nível desde 2003 e é a primeira vez em que esse número aparece abaixo dos 11 milhões, desde 2004.

A redução – que vem sendo comprovada por outros estudos – vai de encontro à impressão passada pela campanha Republicana à presidência, que tem forte embasamento na questão do aumento na imigração ilegal.

O líder nas pesquisas para a indicação Republicana, Donald Trump, disse que a taxa de imigração ilegal “está inacreditável” e ainda alega que os imigrantes estão trazendo crime e doenças através da fronteira. Trump propõe deportações em massa e a criação de um muro gigantesco na fronteira, e critica os oponentes de seu próprio partido que defendem um caminho para a legalização dos imigrantes irregulares no País.

De acordo com o estudo citado pelo LAT, redigido por um renomado ex-especialista governamental em pesquisa demográfica e imigração ilegal, o número de imigrantes ilegais vem caindo regularmente desde 2008, em parte por causa do retorno de um grande número de imigrantes para o México.

Desde 2010 o número de mexicanos morando ilegalmente nos EUA caiu 9%, de acordo com o estudo.

Embora a pesquisa tenha encontrado uma redução no número total de imigrantes, ele acusa um aumento no número de imigrantes oriundos da América Central cruzando a fronteira ilegalmente.