Califórnia enfrenta o pior incêndio da sua história

Fogo já destruiu mais de 283 mil hectares; sete pessoas morreram e milhares tiveram que deixar suas casas

0
1341
Moradores tentam salvar casa em New Long Valley, na Califórnia, no sábado (4) Foto Noah Berger AFP
Moradores tentam salvar casa em New Long Valley, na Califórnia, no sábado (4) Foto Noah Berger AFP

Mais de 14 mil bombeiros trabalham dia e noite para conter um incêndio que as autoridades denominam Mendocino Complex, que atinge a Califórnia e se tornou o maior da história moderna do estado, após queimar mais de 283 mil hectares, na noite de segunda-feira (6). Sete pessoas já morreram e milhares tiveram que deixar suas casas.

Em seu último boletim, o Departamento Florestal e de Proteção de Incêndios da Califórnia (Calfire) explicou que um sistema de alta pressão trouxe um clima mais quente, seco e fortes ventos à região na segunda, o que contribuiu para que as chamas se alastrassem mais rapidamente.

Os bombeiros só conseguiram conter 30% do incêndio, que tem dois focos (Ranch e River). As autoridades esperam apagar totalmente as chamas na próxima semana.

“Estamos à mercê do vento”, reconheceu o capitão Thanh Nguyen, porta-voz do Cal Fire no condado de Lake.

O presidente Donald Trump assinou o estado de emergência para a Califórnia, mostrando que o governo federal está pronto para fornecer assistência adicional no combate às chamas.

“Os incêndios florestais na Califórnia estão sendo ampliados e agravados pelas más leis ambientais que não permitem que uma enorme quantidade de água prontamente disponível seja utilizada adequadamente”, ele twittou no domingo. “Também é necessário derrubar árvores para impedir a propagação do fogo!”(Com informações da CNN e G1).