Câmara dos EUA aprova pacote de $1.9 trilhão para ajudar afetados pela pandemia

Projeto prevê envio de cheques, compra de vacinas, ajuda para pequenas empresas, entre outras medidas; proposta ainda precisa ser aprovada pelo Senado

0
2061
Democratas reassumem liderança da Câmara depois de oito anos
Câmara aprova relief package

A Câmara dos Deputados aprovou neste sábado (27) um pacote de $1,9 trilhão proposto pelo presidente Joe Biden, que tem o objetivo de injetar dinheiro na economia e ajudar americanos afetados pela pandemia.

Os democratas, que controlam a Câmara, aprovaram a medida por 219 votos a favor e 212 contra. A proposta foi para o Senado onde precisa ser aprovada para entrar em vigor.

O dinheiro do “relief package” deve ser usado para pagar por vacinas e suprimentos médicos e possibilitar uma nova rodada de auxílio financeiro para famílias (stimulus checks), pequenas empresas, governos estaduais e locais. O pacote prevê, ainda, que o salário mínimo seja de $15 a hora, o que está enfrentando uma grande resistência de republicanos. 

“O povo americano precisa saber que seu governo está ao seu lado”, disse a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

A proposta segue para o Senado, onde a vice-presidente democrata Kamala Harris pode ter que votar pelo desempate. No Senado americano, os republicanos controlam 50 cadeiras e os democratas e aliados de Kamala controlam as outras 50.

O relief package inclui, cerca de $400 bilhões para reforçar a resposta ao vírus e a distribuição de vacinas contra a covid-19; $350 bilhões para ajudar estados e municípios a superarem os déficits orçamentários; cerca de $1 trilhão será enviado em auxílio direto às famílias, com cheques de $1.400 por pessoa. O restante do dinheiro vai financiar pequenas empresas e financiar o seguro desemprego, que deve ser estendido até setembro.