Caminhões que transportam a vacina já circulam pelo país. Flórida deve receber 175 mil doses esta semana

Imunização do primeiro grupo de moradores do estado deve começar esta semana. As fabricantes Pfizer e Biontech esperam que até o último dia do ano sejam entregues 50 milhões de doses em todo o país

0
892
Caminhões da UPS e Fedex fizeram os primeiros carregamentos da vacina (foto: wikimedia)
Caminhões da UPS e Fedex fizeram os primeiros carregamentos da vacina (foto: wikimedia)

Milhões de doses da tão esperada vacina contra a covid-19 estão programadas para chegar de forma escalonada a todos os 50 estados a partir desta segunda-feira-feira (14).

A distribuição foi liberada depois que o medicamento da Pfizer e BioNTech superou seu último obstáculo: foi autorizada pela Food and Drug Adminstration (FDA) e pelo Centers for Disease Control (CDC) para ser aplicado em pessoas com mais de 16 anos de idade.

Em uma declaração divulgada neste domingo (13), Robert Redfield, diretor do CDC, disse que as primeiras vacinações “estão programadas para começar nesta segunda-feira”.

O primeiro carregamento das vacinas saiu da fábrica da Pfizer em Portage, Michigan.

Sob aplausos dos funcionários do laboratório, caminhões de carga da UPS e Fedex deixaram a fábrica rumo ao aeroporto transportando milhares de frascos . Outros carregamentos irão acontecer no decorrer da semana.

Neste primeiro momento, a Flórida irá receber 175 mil doses que serão priorizadas para cerca de 87 mil pessoas.

Para que o efeito imunizante contra a covid-19 seja garantido são necessárias duas injeções por pessoa com intervalo de 21 dias entre elas.

De acordo com o governador Ron DeSantis, os idosos que vivem em asilos serão os primeiros a receber as doses, seguidos dos trabalhadores de hospitais e centros de saúde.

O terceiro grupo prioritário foca em pessoas acima de 65 anos que moram com suas famílias.

As farmácias CVS e Walgreens fizeram parceria com o Florida Department of Health para auxiliar no armazenamento e na distribuição das vacinas destinadas ao primeiro grupo.

“Agora, esperamos ter mais boas notícias sobre as doses adicionais da Pfizer e, com sorte, da recém-aprovada Moderna, na próxima semana”, disse o governador.

A Pfizer-Biontech estima entregar 50 milhões de doses aos governos estaduais ainda este ano. Quase 300 mil pessoas faleceram por consequências da covid-19 nos EUA.