Caravana de imigrantes é dispersada a caminho da fronteira do México com os EUA

De acordo com a Reuters, mais de 800 pessoas vindas da América Central e Haiti seguiam rumo à fronteira, quando foram dispersados por agentes mexicanos

0
1062
Migrantes e requerentes de asilo da América Central e do Caribe caminham em uma caravana com destino aos EUA, em Tapachula, estado de Chiapas, México (Foto: REUTERS/Jacob Garcia)
Migrants and asylum seekers from Central America and the Caribbean walk in a caravan heading to the U.S., in Tapachula, Chiapas state, Mexico September 4, 2021. REUTERS/Jacob Garcia

Uma caravana com mais de 800 pessoas deixou a cidade de Tapachula, no México, no sábado (4), em direção à fronteira dos Estados Unidos, mas foi dispersada por agentes do governo mexicano. 

Segundo a Reuters, o grupo de imigrantes vindos na maioria de países da América Central, Haiti, Venezuela e Cuba, estariam “fugindo da pobreza de seus países em busca de um recomeço”. 

Um cidadão de Honduras disse à agência que não consegue trabalho em seu país e que não tem condições financeiras de sustentar seus três filhos. 

Autoridades mexicanas dispersaram a caravana no domingo (5), de acordo com a Associated Press. Muitos deles foram colocados em caminhões e levados pelas autoridades, outros conseguiram fugir.   

O presidente do México, Andres Manuel Lopez Obrador, ordenou que todos os imigrantes indocumentados aguardem na fronteira sul e pediu que Joe Biden consiga trabalho para essas pessoas. 

Em 2018, uma caravana com milhares de pessoas chamou a atenção de todo o mundo. Na época, o então presidente Trump disse que “era uma invasão e que diversos membros de gangues estavam infiltrados”.