Celebridades

Cardi B remove implante do bumbum e alerta fãs sobre Brazilian Butt Lift: “Não se arrisquem!”

Considerada a cirurgia estética mais perigosa, com taxa de mortalidade de 3%, a procura global pelo BBL cresceu 77,6%. Desde 2015, o estado da Flórida registrou 25 mortes decorrentes de complicações após Brazilian Butt Lift

Cardi B removeu implante de gordura do bumbum. Foto: Reprodução Instagram

Em uma recente live no Instagram, a rapper Card B revelou ter removido a maior parte dos biopolímeros que foram injetados em seu bumbum em 2018, e alertou seus fãs sobre os perigos do procedimento conhecido como Brazilian Butt Lift (BBL). “Em agosto, fiz uma cirurgia e removi 95% dos meus biopolímeros. Se você não sabe o que é, é uma injeção e o procedimento foi muito louco”, disse a artista de 30 anos. “Eu apoio quem quer fazer alterações no corpo”, continuou, “mas quando se trata de BBL, se quiserem meu conselho, antes de fazer, certifiquem-se de que seus níveis sanguíneos estão bem. Não se arrisquem”.

O depoimento da rapper reforça a preocupação de médicos sobre o que eles consideram ser “uma epidemia de BBL”, procedimento que remove gordura do abdômen e transfere para os quadris e nádegas dando uma forma de ampulheta ao corpo. “É uma epidemia que está piorando à medida que a mídia social está se tornando mais popular”, disse Tansar Mir, cirurgião plástico de Nova York à ABC.

Considerada a cirurgia estética mais perigosa, com taxa de mortalidade de 3%, a procura global pelo BBL cresceu 77,6% entre 2015 e 2021. Nos Estados Unidos, foram realizadas mais de 40 mil desses procedimentos em 2020, de acordo com o último relatório do Aesthetic Plastic Surgery. O número não inclui pacientes que viajam ao exterior para realizar a cirurgia. Os riscos conhecidos incluem embolização, onde a gordura da injeção entra na corrente sanguínea atingindo pulmões ou coração. Pacientes também podem sofrer de seroma, onde o fluido se acumula sob o local da incisão cirúrgica gerando infecções. Desde 2015, o estado da Flórida registrou 25 mortes decorrentes de complicações após Brazilian Butt Lift.