Cariocas se dão bem na Copa do Brasil

0
1118
O veterano Nenê, de 39 anos, continua brilhando nos gramados e agora se tornou o artilheiro da Copa do Brasil com seis gols, após os três marcados na vitória sobre o Figueirense (Foto: Lucas Merçon/ FLUMINENSE F.C.)
O veterano Nenê, de 39 anos, continua brilhando nos gramados e agora se tornou o artilheiro da Copa do Brasil com seis gols, após os três marcados na vitória sobre o Figueirense (Foto: Lucas Merçon/ FLUMINENSE F.C.)

Fluminense, Botafogo e Vasco da Gama se classificaram para a próxima fase da Copa do Brasil. Caso consigam vencer seus adversários na quarta fase da competição, todos os quatro grandes do Rio de Janeiro continuarão na disputa pelo título deste torneio, que paga um prêmio generoso e garante presença automática na Copa Libertadores da América da próxima temporada. 

Isso porque o Flamengo, atual campeão brasileiro, já está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil 2020 juntamente com Santos, Palmeiras, São Paulo, Grêmio, Internacional e Corinthians, todos em função da classificação do Brasileirão 2019. Além deles, completam a lista o Fortaleza, campeão da Copa do Nordeste de 2019; Athletico Paranaense, que conquistou a Copa do Brasil de 2019; Red Bull Bragantino, campeão da Série B de 2019, e Cuiabá, vencedor da Copa Verde de 2019.

A boa fase carioca começou na terça-feira (25) com a vitória do Fluminense sobre o Figueirense no Maracanã. Em desvantagem no confronto, o Fluminense neutralizou o Figueirense e contou a com a estrela do meia de Nenê de 39 anos para construir o 3 a 0. De falta, de fora da área e de pênalti, o camisa 77 assegurou a vaga do Tricolor na quarta fase da Copa do Brasil. De quebra, é o artilheiro do torneio com seis gols marcados. 

O adversário ainda não foi definido porque será determinado em sorteio a ser realizado na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Além do Tricolor carioca, já estão classificados para a próxima fase: Botafogo, Vasco, Juventude (RS), CRB (AL), Ceará, Ponte Preta (SP) e América (MG). Os outros dois classificados saíram das partidas entre Brusque (SC) x Brasil de Pelotas (RS), e São José (RS) x Atlético Goianiense. Infelizmente, por causa do fechamento da edição, não foi possível informar os vencedores.

Mudando a chave, o Fluminense volta a campo novamente no Maracanã no sábado (29) quando fará o clássico contra o Vasco.

Glorioso joga para o gasto

Um jogo nervoso, com muitas faltas, algumas chances e participação decisiva da bola parada. Assim foi a vitória do Botafogo contra o Paraná, fora de casa, pela terceira fase da Copa do Brasil na quarta-feira (26). Com gols de Marcelo Benevenuto e Danilo Barcelos, o time carioca saiu com a classificação e mais R$ 2 milhões de premiação na conta.

O Botafogo construiu a vitória na base do contra-ataque e da bola parada. Os gols alvinegros saíram após cobrança de escanteio e de pênalti. Até o Paraná descontou após cobrança de falta. A vitória foi sofrida para a equipe alvinegra, que deu algumas chances claras para o time da casa. Nessa hora, Gatito apareceu para garantir o resultado.

Agora o Botafogo retorna ao campo pelo Brasileirão no sábado (26), quando recebe o Internacional, atual líder da competição, com 12 pontos.

Cruzmaltino continua em boa fase

Em lua de mel com a torcida, o Vasco de Ramon Menezes conseguiu mais uma importantíssima virada. Venceu o Goiás por 2 a 1 na quarta-feira (26), na Serrinha, e avançou nos pênaltis com participação luxuosa de Fernando Miguel.

Benítez e Henrique marcaram seus primeiros gols com a camisa do clube, um em cada etapa e contando com o desvio em adversários. Rafael Vaz, ex-Vasco, marcou para o Esmeraldino no tempo normal.

Depois de um primeiro tempo um pouco morno e um segundo tempo eletrizante, o Vasco avançou nos pênaltis com atuação decisiva de Fernando Miguel, que defendeu os pênaltis cobrados por Rafael Moura e Marcinho.

No Campeonato Brasileiro, o Vasco faz o clássico com o Fluminense no sábado (29) no Maracanã, enquanto o Goiás ficará de folga no final de semana porque o Grêmio está decidindo o Gauchão com o Caxias.

No choque entre os dois Rio Grande, melhor para o do Sul

América-RN e Juventude esperaram por cinco meses pelo jogo. E ainda submeteram seus torcedores a uma disputa de pênaltis na quarta-feira, na Arena das Dunas, em Natal, até decidir a vaga na quarta fase da Copa do Brasil. Melhor para o clube gaúcho. Após o empate em 1 a 1 no tempo normal, mesmo placar da partida em Caxias, o Ju venceu o América-RN por 5 a 4 nas penalidades e garantiu a classificação para a próxima fase da competição.

Nos 90 minutos, Odivan abriu o placar para o Juventude no primeiro tempo, e Zé Eduardo empatou para o América na etapa final. Coube ao goleiro Luis Carlos defender a cobrança de Renan Luis e virar herói da classificação.

Calvário do Cruzeiro não tem fim

O CRB está garantido na quarta fase da Copa do Brasil. Depois de vencer o Cruzeiro na ida por 2 a 0, no Mineirão, assegurou a classificação com empate por 1 a 1, na tarde da quarta-feira (26), no estádio Rei Pelé, em Alagoas. O Cruzeiro abriu o placar no primeiro tempo, com gol de Giovanni, deu indícios de que esquentaria o jogo, mas o time da casa tratou de jogar uma ducha de água fria no ímpeto celeste com o artilheiro Léo Gamalho, no início da segunda etapa. 

Macaca confirma favoritismo

A Ponte Preta ratificou o bom momento na temporada e também o favoritismo contra o Afogados-PE na Copa do Brasil. Depois de ter vencido por 3 a 0 em Campinas, ainda em março, a Macaca poderia perder por até dois gols na tarde de terça-feira (25), no Sertão de Pernambuco, mas voltou a ganhar, desta vez por 2 a 0, e carimbou a vaga para a quarta fase. Zé Roberto e Guilherme Lazaroni, um em cada tempo, marcaram no Vianão.

Coelho vence em cima da hora

Foi no último lance. O último mesmo da partida em que o América-MG conseguiu o gol que garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil e mais R$ 2 milhões na conta. O Coelho dominou a segunda etapa diante da Ferroviária, no Independência, e foi recompensado com o gol, anotado por Rodolfo aos 48 minutos do segundo tempo, após muita insistência. 

Jogo eletrizante em Salvador

Vitória e Ceará fizeram uma decisão alucinante no Barradão, com direito a muitos gols, expulsões e lances polêmicos. Melhor para o Vozão, que, após vencer o jogo de ida por 1 a 0, garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil na quarta-feira (26) ao bater a equipe baiana de virada por 4 a 3. Léo Ceará, Thiago Carleto e Caicedo marcaram pelo Rubro-Negro. Vinícius, Thiago Carleto contra, Fernando Sobral e Lima balançaram as redes pelo time cearense.

Pelo Brasileirão, o Ceará viaja para o Planalto Central onde enfrenta o Atlético-GO no domingo (30). Já o Vitória recebe o Paraná, líder da Série B, no sábado (29) no Barradão, em Salvador.

Galo fica em vantagem

O primeiro capítulo da decisão do Campeonato Mineiro terminou com vitória do Atlético-MG sobre o Tombense. Foi de virada e com gol nos acréscimos. Na noite de quarta-feira (26), o Galo venceu por 2 a 1, no Mineirão. O time do interior saiu na frente, com gol do artilheiro Rubens, cobrando pênalti, na etapa final. A equipe da capital reagiu imediatamente após levar o gol e empatou com Sasha. Aos 52 minutos, Keno virou o placar: 2 a 1.

O campeão mineiro de 2020 será conhecido no próximo domingo (30), novamente no Mineirão, na segunda partida entre Tombense e Atlético. A equipe do interior é a mandante, mas o jogo não poderá ser disputado em Tombos porque o estádio da cidade não foi homologado para receber o VAR (arbitro de vídeo). O Atlético joga pelo empate para ficar com a taça. O Tombense precisa de uma vitória simples.

Tricolor gaúcho pode ser tricampeão

O tri é logo ali. Em jogo com apagão e VAR, o Grêmio venceu o Caxias por 2 a 0 na noite de quarta-feira (26), no Centenário, pela primeira partida da final do Gauchão. Pepê, que saiu de campo lesionado, e Everton, seu substituto, marcaram os gols do Tricolor. O Grená chegou a empatar em cobrança de falta de Ivan, mas o árbitro de vídeo apontou impedimento, e o lance foi anulado.

O Grêmio só perde o título gaúcho no próximo domingo (30), na Arena, se perder por três gols de diferença nos 90 minutos. O Caxias precisa vencer por pelo menos dois gols para levar a decisão aos pênaltis. Empate ou derrota por um gol dão a taça ao Tricolor. Não há gol qualificado.

Tricolor paulista sobe na classificação

Luciano, mais uma vez, decidiu o jogo para o São Paulo na quarta-feira (26). Com um gol do atacante, o Tricolor venceu o Athletico, no Morumbi, em jogo adiantado da 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O camisa 11 já tinha sido fundamental em sua estreia, contra o Bahia, ao fazer o gol de empate e evitar a derrota são-paulina. O Furacão, dominado no segundo tempo depois de ser melhor na etapa inicial, perde a quarta vez seguida na competição e acende o sinal de alerta.

O São Paulo volta a campo no domingo (30) para enfrentar o rival Corinthians, no Morumbi, pela sexta rodada. Como o jogo do Athletico contra o Atlético-MG está ainda sem data, já que foi adiado pela decisão do Campeonato Mineiro, o Furacão só volta a campo na quarta-feira, dia 2, para receber o Red Bull Bragantino, na Arena da Baixada, pela sétima rodada.

Empate decepcionante para os dois

No jogo que fechou a quinta rodada do Campeonato Brasileiro, Corinthians e Fortaleza ficaram no empate por 1 a 1 em Itaquera, na noite de quarta-feira (26), resultado justo para uma partida morna. Romarinho abriu o placar para a equipe cearense, num lance rápido que teve apenas quatro toques desde o tiro de meta cobrado por Felipe Alves. Luan, contestado desde a final do Paulistão, entrou no segundo tempo e empatou com um golaço, afastando um pouco da desconfiança sobre ele. 

Corinthians e Fortaleza estão iguais na tabela, com cinco pontos. O Timão, que tem um jogo a menos, leva vantagem apenas no saldo de gols. Ambos estão longe das primeiras posições. 

O Corinthians volta a campo no próximo domingo (30) para enfrentar o São Paulo, no Morumbi. Já o Fortaleza recebe o Bragantino no sábado (29), no Castelão. Os dois jogos são válidos pela sexta rodada do Brasileirão.

NBA pode paralisar suas atividades em protesto contra racismo

Em mais uma demonstração de excesso de força por parte de policiais brancos contra um cidadão negro em Wisconsin, o rapaz ficou paraplégico em razão dos sete tiros disparados à queima roupa pel;os agentes da lei. Vi o vídeo e, de fato, é revoltante. Claro que o rapaz negro se recusou a obedecer às ordens de se render e desafiou os policiais. Entretanto, faltou uma atitude mais racional neste episódio. Em vez de imobilizar o recalcitrante com um taser, eles usaram armas de fogo, causando ferimentos que resultaram em paralisia das pernas do rapaz. Este vídeo revoltou a sociedade americana, já em ebulição após o episódio George Floyd e provocou a recusa do Milwaukee Bucks, da cidade onde ocorreu esta barbaridade, de entrar em quadra. 

De acordo com o jornalista Shams Charania, do site The Athletic, na reunião realizada entre jogadores para discutir os próximos passos após o boicote do Milwaukee Bucks, jogadores de Los Angeles Lakers e de Los Angeles Clippers votaram pelo boicote definitivo da temporada. Os representantes das demais equipes que ainda competem na bolha da Disney optaram por seguir jogando. Tais posicionamentos, no entanto, não são definitivos e não são posicionamentos oficiais das franquias.

Ainda de acordo com o Charania, após manifestarem suas posições, os jogadores de Lakers e Clippers deixaram a reunião virtual. Enquanto esteve presente, LeBron James, craque do time amarelo, disse desejar que os donos das franquias se envolvam mais e sejam mais proativos em relação à questão racial.

Já segundo a ESPN americana, na reunião, um membro da NBPA (Associação Nacional dos Jogadores de Basquete) explicou as implicações financeiras do fim da temporada, incluindo um possível lockout (paralisação) no próximo ano.

Falando apenas sobre o aspecto esportivo, os fãs do Miami Heat têm o que comemorar. O time do Sul da Flórida fez um sweep sobre o Indiana Pacers na primeira fase dos playoffs. Sweep significa vencer todas as partidas entre os dois adversários, portanto, o Miami Heat fez 4 a 0 e agora aguarda seu próximo adversário, que deve ser o Milwaukee Bucks.